terça-feira, 4 de outubro de 2016

Past Continuous - Prólogo

A fresta de luz atingiu o olho esquerdo de Camila que estava quase acordando. A brisa esvoaçava a cortina e a claridade acendia e escurecia o rosto dela. Abriu os olhos. Era terça feira e não tinha aula. Olhou o relógio e marcava 7:20 da manhã - "Não sou mais a mesma de antes" - Pensou enquanto sentava na cama e tentava se manter acordada ainda. De fato, vale lembrar que Camila tinha o hábito de acordar muito tarde, quando mais nova, por volta das 10 ou 11 horas da manhã, devo lembrar que a alimentação dela, nesta época, era péssima. Por isso era um esqueleto - Como dizia sua mãe.
Pegou o celular e ligou a internet para checar as redes sociais. O whatsapp não parava de apitar, havia muitas mensagens do grupo chato do curso de espanhol. Como esse povo tinha tanto assunto? Em 10 minutos, 200 mensagens.Silenciou o grupo por 1 ano. Silêncio, silêncio, silêncio...
Observou o quarto e a desmotivação tomou conta, nem quis lavar o rosto, desceu assim mesmo.

__Vai sair? - Perguntou a mãe assustada
__Não, por que?
__Acordou cedo, é estranho você acordar cedo.
__Quando eu durmo cedo, eu acordo cedo.

O pão de queijo quentinho exalava pela casa de tão apetitoso. Tinham 4. O suficiente para o café da manhã com suco de goiaba. Em seguida, uma fruta. Banana, só para constar. Seu pai sempre dizia que a banana é uma fruta completa e que, ao ingeri-la pela manhã, ficaria com mais energia e pique para suportar o dia. Não que a terça fosse ter algo de diferente. Mas, se estabeleceu um hábito.

__Bom dia, princesa! - O pai disse dando um beijo na testa da filha. Esse  hábito nunca se perdeu. Fazia isso desde... Desde sempre.
__Bom dia, pai! - Suspirou
__O que foi?
__Apenas não dormi bem.

Terminou o café, lavou a louça e subiu. Tomou um banho e ligou o notebook - "verei um filme" - Pensou. Escolheu "O doador de memórias" bem, não era um filme que ela gostaria de ver, mas como ainda não tinha visto, resolveu ver. Enquanto carregava, abriu o explorador de arquivos e procurou pela pasta "fotos" e reviveu algumas lembranças de quanto era mais jovem. Passava as fotos e recordou de uma em especial. Sorriu. Estava bem diferente do que costumava ser, mas aparentava estar feliz... Foi tirada no aeroporto. Quando voltava de Fortaleza e quando Camila piscou o olho, de repente a tela do note começou a tremer e tudo pareceu desfocado ou seria a visão dela que estaria desfocada? Então tudo ficou escuro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da postagem? Então comenta... :D
Agradeço...
beijos galáxicos!