quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Chocolate



Em toda minha vida eu ouvi dizer que chocolate fazia bem para mulheres com TPM. Eu sempre achei que isso fosse besteira, até que eu vi que estava errada. Não em relação a TPM, mas sim quando estamos tristes. O chocolate ajuda a aliviar a tristeza ou a raiva.
Não sei bem explicar o que acontece, parece que o sabor, o doce do chocolate quando dissolve na língua traz calma e prazer. Talvez o chocolate libere o hormônio do prazer. Só sei que, eu pelo menos, me sinto melhor quando como.
Uma coisa que eu reparei é que a tristeza é o sentimento mais forte. Não adianta você sentir amor, medo ou dor, quando você está triste, nada mais importa. Nem mesmo você em si.
Talvez seja burrice minha ou até mesmo algo que muita gente já sabia. Só sei que, quando estou triste, esqueço dos meus medos ou dores, apenas me sinto inútil, sem muita vontade de muita coisa, principalmente de viver. Agora que descobri a técnica do chocolate, bem, agora eu me sinto melhor quando fico triste. Espero que funcione sempre ou até quando Deus quiser.
As vezes nos sentimos tristes por alguma razão e isso nos tira o sorriso e nos presenteia com lágrimas. As vezes a gente acha que isso nunca vai passar, por que sempre piora, sempre machuca. Temos sempre a opção de permanecer no chão ou levantar, mesmo com os joelhos doendo e quando decidimos levantar, não sabemos que caminho seguir. Todos eles parecem longos e cheio de buracos e a gente meio que fica sem força para continuar. É mais fácil ficar sentado esperando algo de bom ou algo que pode nos guiar. Bem, sempre terá alguém para nos iluminar. Por isso não devemos ter medo de seguir pela escuridão. Nunca estaremos sozinhos.
Nunca esqueça de levar chocolate também, isso ajuda muito.

"Perguntei pro céu, perguntei pro mar, pro mágico chinês, mas parece ninguém sabe, aonde a felicidade resolveu de vez morar..."


terça-feira, 25 de outubro de 2016

Past continuous - T01 E03 - O passado

A sala de aula estava fria como os dias de inverno do sul. O professor explicava como funcionava as mitocôndrias. Os alunos pareciam bem atentos naquela história de ATP, mas Camila se lembrava da conversa que teve com Carlos, o "Timo". Que ironia do destino encontrá-lo depois de anos, seria um sinal? - O que será que Vinicius estaria fazendo agora? - Pensou. Suspirou. Talvez estivesse aproveitando a vida. Era o melhor que ele poderia fazer, afinal, os dois sabiam que precisavam seguir.
A aula estava terminando, quando Pedro a cutucou:

- Anotou?
- O que?
- Anotou o que o Douglas escreveu no quadro! Está tudo bem, Mila? - Pedro observou a amiga e se preocupou. Já tinha meses que não via um sorriso sincero dela ou uma risada engraçada como ela costumava dar. Sabia que a situação não estava boa em sua vida. Queria poder ajudá-la, mas como?
- Só com a mente longe, depois eu pego com a Ana. Vou embora - Respondeu dando de ombros enquanto ajeitava as coisas dentro da mochila.
- Tudo bem - Assentiu.

Camila saiu da sala e seguiu para ir embora. Entrou no elevador solitária e pensou em como ela estava sufocada, perdida. O que ela estaria fazendo ali? Tinha a certeza de que estava no lugar errado, por que não se sentia bem de nenhum modo e parecia que tudo dava errado. Inclusive sua vida acadêmica. Chegou no ponto e por sorte, pegou o ônibus depressa. Estava um inferno de quente, mas, no dia seguinte era feriado, então ficaria longe da faculdade um dia. Durante a viagem, recebeu uma sms de Carlos:

*Olá, como vai?
*Bem e você?
*Ótimo, estava pensando, vamos ao cinema, amanhã?
*Eita, eu te confirmo quando chegar em casa.
*Tudo certo!
*Beijos...

Na verdade ela não queria sair de jeito nenhum, queria ter tempo para arranjar uma desculpa convincente para não ter soluções possíveis para sua desculpa. Cochilou um tempo, quando acordou quase passa do ponto de ônibus, acordou bem na hora. Chegou em casa. Tudo parecia monótono e sem vida. Na verdade era ela que estava. Não tinha a mínima vontade de ir a um encontro com o "Timo" embora ele fosse o crush do ônibus. O problema é que Camila não parava de pensar em Vinícius. Como ela ainda poderia gostar dele depois de tanto tempo? Por que não dar uma chance ao rapaz?
Respirou fundo e tomou um banho. Queria poder voltar no tempo e mudar tudo. Como será que as coisas seriam agora, se tivesse essa chance?

Relembrando a infância

Tudo bem que não é da minha época, mas, eu conheço essas músicas por que eu simplesmente adoro música antiga. Então, direto do túnel do tempo, mostro a vocês algumas músicas infantis da década de 80.


Trem da alegria - Uni duni te


"Sorvete colore, sonho encantado onde está você?"

Quem não lembra dessa? Eu não sei por que nunca mais fizeram músicas assim, com essa batida dance. Principalmente música infantil. Eu acho tão mágico essa mudança de tonalidades de acorde. Tipo, estrofe com acordes menores e notas semitonadas, depois com o refrão com um acorde maior.
Eu gosto muito dessa música.

Trem da alegria - É de chocolate


"Vou te mostrar que é de chocolate, de chocolate o amor é feito. De chocolate, choc, choc, chocolate bate o meu coração."

Turma do balão mágico - Super fantástico


"Sou feliz por isso estou aqui, também quero viajar neste balão"

Turma do balão mágico - Lindo balão azul
Essa é uma das minhas favoritas...


"Pega carona nesta cauda de cometa, ver a via láctea, estrada tão bonita. Brincar de esconde esconde numa nebulosa, voltar pra casa, nosso lindo balão azul"

Trem da alegria - Iôiô


"Eu encontrei um brinquedinho divertido, tenho certeza que você vai se amarrar"


Existem muitas conhecidas, mas coloquei as que eu mais gosto e que acho que são as mais conhecidas. Tenho muitas saudades dessa época que eu não vivi. Gostou muito de música e essas antigas me encantam. Eles faziam músicas diferentes, a temática era diferente. Tipo, hoje em dia a maioria das letras falam de amor. E nessa época, falam sobre coisas simples, como essa última do io io e a música tinha uma pegada dançante, bem animada. Gosto muito e trouxe para você relembrarem a infância.



Gostou da postagem? Então comente aqui embaixo se você conhecia essas músicas ou se você conheceu agora! Não esquece de me seguir nas redes sociais:


segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Julgamentos e opinião alheia

1- Eu não gosto que segurem minha mochila no ônibus e também, dificilmente, seguro mochila de terceiros. Por que muitas pessoas ficam te olhando com cara de bunda como se você fosse mexer nas coisas dela e também, por que já não basta você segurar o seu trambolho, ter que segurar os dos outros não dá certo. Seguro se eu vê, realmente, que a pessoa precisa de ajuda. Se tem uma coisa que me irrita, é aquele bando de mulher que usa uma bolsa para ir para a faculdade, escola, trabalho ou afins e vai com os livros na mão com um ônibus entupido. Mochila que é bom, nada, né? E ainda é mais barato que uma bolsa. Eu odeio bolsa.
2- Eu só dou meu lugar para deficientes e idosos e olhe lá. Mulheres com crianças ou mulheres grávidas ou alguns idosos, não dou. Por que já tive o desprazer de passar vergonha com um idoso no ônibus lotado. Cedi meu lugar e o palhaço me perguntou se eu estava vendo algum velho na minha frente, já que ele não era um idoso. Enfim... Tem mulher grávida, mulheres com crianças e alguns idosos que moram praticamente do lado do ponto final do ônibus que eu pego. Eu ando 8 quadras para ficar 1 hora em pé na fila, passando mal, no sol quente esperando para ir sentada e ter que levantar por que subiu uma "prioridade" um ponto depois do ponto final? Tá de brincadeira, né? Sim, sou mal educada e não, eu não dou.
Sei que nem todo mundo tem condições de pegar táxi, que ninguém tem moto ou carro para ir em hospitais ou sei lá pra onde. Mas olha, tem duas linhas de ônibus. As duas vão para o mesmo lugar, a diferença é que a linha que eu pego é mais lotada e a outra é mais vazia. Se a pessoa está grávida ou é idosa, pega a outra linha. Tenha consciência. Educação a gente tem até certo ponto. Só dou mesmo quando é necessário e não ligo nenhum um pouco para a opinião alheia de que "ah, mas em relação ele trabalhou, ele tem idade. você é novo" só por que sou novo, eu sou duracell? Eu canso também, só por que sou novo, eu não posso ter problemas de saúde? Então esse argumento é muito generalista. Isso não serve para mim. Acho que eu sou prioridade também, já que ficar muito tempo em pé, minha pressão cai igual montanha russa. Eu ando sempre com um saquinho de sal na minha bolsa. Ninguém deve julgar a outra pessoa sem conhecê-la. Outra coisa também,a culpa não é minha se as empresas de ônibus aonde eu moro são uma bosta, eu pago todo dia e assim como qualquer outra pessoa que paga, eu tenho o direito de um assento.
3- Outra coisa também, eu não sei o que é ser petista, ser coxinha ou ir para a esquerda ou direita. Só sei que eu não gosto de política e pronto. Tive aula de comunicação e política e por mais que minha professora quisesse enfiar nas nossas cabeças que isso é bom e que política não se limita apenas em partidos políticos, eu ainda tenho minha opinião de que isso tudo não serve para nada. Não sei por que as pessoas costumam julgar as outras como burras, só por que não sabem disso. Acho que isso uma falta de senso, por que ninguém é obrigado a saber de tudo.Eu pelo menos leio tudo e não entendo nada. Já me explicaram e continuo sem entender, é como se o que eu penso, fosse diferente de todo mundo. Tudo foi feito para ser complicado. As pessoas criam tags, rótulos, nomes diferentes para significar uma coisa simples. Para que colocar cor Pink power para dizer que é rosa claro?
A vida em si não foi feita para ser facilitada.
4- Deixar os gays em paz. Para que ficar perdendo tempo dizendo que é errado ou certo? Vai acrescentar em algo na sua vida? Diz que quer salvar a alma do irmão, que ele deve entrar nos caminhos do Senhor, mas olha, quem deve fazer isso é só Deus, sabia? Ou você acha que ele vai te escolher para ser secretário dele, na hora que um gay morrer? Você vai estar lá em cima, ao lado de Deus dizendo "ele não quis andar nos seus caminhos, pai, então ele deve ir para o inferno" não vai né? Então deixa a pessoa viver em paz. Ninguém tem o direito te intervir na vida de ninguém. Tá fazendo algo de errado? Então chega e diz "cara, eu acho isso errado e você não deveria fazer isso" mas se a pessoa diz "para mim, isso não é errado, eu me sinto feliz" aí você deixar a outra em paz, entendeu?
Qualquer coisa é errada o suficiente quando faz outras pessoas chorarem ou se sentirem humilhadas. Você roubou alguém? Matou alguém? Denegriu a imagem de alguém? Então você está errado.
5- Ser obrigado a fazer algo que você não quer fazer. As pessoas não entendem o simples fato de que elas podem mandar em determinados lugares, mas não na sua vida. Ninguém pode obrigar a pessoa a comer uma coisa que ela não gosta ou ir para algum lugar que ela não queira ir. Só por que mora no mesmo lugar, isso soa até engraçado, por que tipo, você que vive sua vida, você que sente. que chora, que ri e que decide por você mesmo. Não está em estado vegetativo, não é um robô para as pessoas te controlarem. Só por que você mora em algum lugar, não significa que as pessoas podem te falar o que fazer ou como deve fazer. Existe uma diferença aí, na casa existe regras, mas a sua vida é você quem vive.
Tinha mais coisas, mas vou ficar por aqui mesmo...



quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Por trás de The Earth prelude

"The Earth prelude" ou O prelúdio da Terra, é uma composição do pianista italiano Ludovico Einaudi. Prelúdio é um termo muito conhecido na área musical, principalmente em música erudita. Se refere a uma introdução para canções maiores, como se fosse um aquecimento. Sabe quando a pessoa vai cantar uma música e tem que aquecer a voz antes? Então, é como se fosse um prelúdio, uma antecipação de algo.
Essa música faz parte do álbum Island: Essential Einaudi e acredito que seja uma inédita, já que ela não está em nenhum outro álbum dele.


A maioria das músicas que estão presentes, apresentam uma introdução um tanto mais pesada com acordes menores, dando aquele ar de suspense e uma ação prestes a ser feita. Não é diferente com The Earth prelude.
Está música me chama bastante atenção por que querendo ou não, você imagina a terra e também lembra a situação em que ela está, sim, aquecimento global, desmatamento e outros problemas ambientais todos nós sabemos e precisamos resolver.


Ela começa com uma passagem rápida de notas menores, decadentes, que nos passam a sensação de suspense, mistério. O prelúdio, o início da terra e tudo que um dia ela foi. As notas vão oitavando e se tornando mais aguda, nos passando a ideia de que o ápice está chegando. Até que notas mais leves e maiores são tocadas e nos passam a sensação de paz... Aquela imensidão azul é a terra, tão serena e tranquila em um imenso universo solitário. De repente, um tom mais pesado, como se fosse um aviso "ei, ela não é mais assim" e "ei, precisamos cuidar dela". Notas suaves vão aparecendo novamente, nos mostrando o quão verdadeiro é isso e nós, como filhos dela, precisamos nos conscientizar.
E isso se repete, a cada nota pesada, uma bronca e a cada nota suave, um conselho. Todos nós precisamos apagar as luzes por uma noite inteira e observar as estrelas no céu negro. Vamos perceber que não somos nada perto do brilho delas. Mas elas estão lá, brilhando para nós.
Quantos animais vão precisar ser extintos pela estupidez humana? Quantas florestas teremos que dizimar para obter madeira? Fora outros problemas ambientais.

Conscientização é a palavra.

Este é um vídeo publicitário criado pelo estúdio brasileiro "Zombie" para Wildlife Conservation Film Festival. Deixo para vocês tirarem as próprias conclusões.



quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Past continuous - T01 E02 - Eu te conheço?

O dia estava tranquilo, com uma brisa leve. O relógio marcava 8:30 da manhã e ninguém da parada de ônibus percebeu o que estava acontecendo um pouco mais distante, entre duas pessoas que acabara de descer do ônibus.

__Está tudo bem? - "Timo" ficou olhando Camila estática bem na sua frente. Quase irmã de um tomate. Tentou conter o riso, afinal, sabia que a moça estava muito envergonhada.
__Eu te conheço? - Camila respirou fundo e encarou o rapaz.
__Acho que não - Ele corou. Onde estava com a cabeça de ter descido em um lugar que ele não costumava ir? E ainda ter abordado uma menina do ônibus que supostamente estava olhando para ele?
Os dois se entreolharam por alguns segundos, tímidos e silenciosos. Camila deu meia volta e seguiu atravessando a rua, tentando andar o mais depressa possível - "Eu não acredito nisso, e agora? O que eu faço? Melhor eu ir andando o mais depressa" - Pensou. Ela achou que ele tinha ido para a parada, mas ele estava a seguindo.
__Espera um pouco, eu acho que te conheço sim!
__Não conhece - Continuou andando rápido.
__Era você, na academia, naquele dia - De repente, os dois pararam no meio da calçada. Camila se virou rápido.
__Carlos? - Os olhos assustados o observou de baixo para cima.
__Estou um pouco mais gordo, mas sou eu - Ficou ao lado da moça e os dois começaram a caminhar novamente.
__Nossa, eu não acredito. Quanto tempo isso faz?
__Faz 7 anos... Eu te procurei depois daquele dia e você nunca mais apareceu.
__Como me procurou? Eu te procurei e você sumiu - Camila tinha esquecido o nervosismo já que conhecia a figura que estava bem ao seu lado. Não o conhecia tão bem quanto conhecia Vinicius, mas o conhecia. Isso aconteceu por volta de 2009, quando ela fazia musculação, ou tentava pelo menos, naquela época era mais magra que o zé bonitinho. Era uma tarde chuvosa de quinta feira e não tinha muitas pessoas fazendo exercícios, até que alguém se dirigiu a ela com um tom sério, mas educado "Oi, meu nome é Carlos, se precisar de ajudar, é só me chamar" mas ela não disse o nome, apenas sorriu e o fitou de longe. Era magro como ela...
No dia seguinte, Camila apareceu no mesmo horário, queria encontrá-lo novamente e se apresentar e quem sabe conhecê-lo ou conversar. Mas ele não apareceu. Ficou assim assim durante 1 semana e ele nunca apareceu. Ela até achou que aquilo não tinha acontecido depois de um tempo. Quem em sã consciência iria gostar dela? Feia que dói. O fato é que ela voltou ao horário que costumava ir, pela manhã e depois de 2 meses, saiu por motivos de saúde e nunca mais o encontrou até 2016, quando começou a notá-lo no ônibus.

__Eu não sumi, depois desse dia, eu precisei ficar 1 semana afastado por que meu pai ficou internado e alguém tinha que ficar com ele. Quando voltei, nunca mais te vi por lá. Até perguntei para uns amigos, mas ninguém sabia seu nome e o professor não lembrava de você. Agora entendo, você não era do horário da tarde.
__Bem, agora a gente se encontrou... E por falar em encontrar? Por que desceu aqui se você estuda no FIG?
__Como sabe disso? - Camila tinha falado mais do que deveria.
__Apenas observo as pessoas - Tentou sair de fininho
__Não importa, eu desci aqui por que queria falar com você, não sei, te conhecer, talvez, a propósito... Te conhecer de novo.




*Devido alguns problemas, eu não pude postar ontem, na terça, então estou postando hoje. Mas só por que houve esse pequeno acaso!


sábado, 15 de outubro de 2016

Aplicativos úteis

Boa tarde, queridos caotinhos! Hoje vou falar de uns aplicativos bem úteis que encontrei na play store hehehehe bem legais mesmo (pelo menos para mim, serviu de alguma coisa).
A propósito, eu ainda postarei mais vídeos lá no canal do youtube, o problema é que eu baixei o camtasia para editar os vídeos e ele está dando problema aqui no note :( bem, é muito complicado editar pelo movie maker, mas se caso não der certo, eu vou por ele mesmo. Já tem bem uns 3 vídeos já gravados. Mas postarei um por um muahahahahahahah.

Enfim...

1 - Beba água lembrete


É um aplicativo com uma interface muito simples e útil. Ele serve para lembrar-nos de beber água (Não me diga, Polly?) sério, você o ajusta de acordo com seu peso e necessidades (clima, problemas, doenças) e ele vai te dizendo de quanto em quanto tempo, você precisa tomar água e quantos litros. Ele soa um alarme muito chato, mas vale a pena. Se você acha que bebe bastante água, experimenta usar este app, você vai ter uma surpresa kkkkkkkkkkkkk...
Vocês podem baixar aqui: Beba água Lembrete




2 - Meu calendário Menstrual

Este é voltado para as mulheres. De todos os aplicativos que eu usei, esse é o melhor para mim. Além de simples, ele atende a todas as minhas necessidades como usuária. Em questão de controlar os tipos de sintomas, fazer anotações, manter um controle em relação ao ciclo, já que o meu é anormalmente de 43 dias e além de me ajudar muito na hora que eu vou ao médico. Vocês podem baixar aqui: Período menstrual



3 - Duolingo


Aplicativo de idiomas. Você sempre quis aprender inglê, mas não tinha tempo ou dinheiro para pagar um curso? Então seus problemas acabaram. O duolingo é um do melhores aplicativos para aprender uma língua de forma fácil,divertida e simples. Eu testei outros, que também era bons, mas eu não gostei muito, eu prefiro a interface do duolingo. Mas didático. A única desvantagem, é que não tem muita opção de língua, mas acho que em breve eles devem estar arrumando isso. Vocês podem baixá-lo por aqui: Duolingo




4 - Mudar voz com efeito



Não é um aplicativo que muitas pessoas gostariam de baixar, mas, ele pode servir bastante. Principalmente para finalidades reais que não é o caso dele). Mudar voz com efeito, é um app engraçado para você gravar áudios engraçados em sair pregando peças nos seus amigos. Para mim é bastante útil, por que além de servir para andar áudios com voz engraçada para os outros, eu também gravo áudios sérios (tipo de feliz aniversário) para as pessoas. Porque eu tenho vergonha de falar e meio que eu sinto mais a vontade quando mando com uma voz diferente. E também me ajuda muito a despistar o pessoal que enche o saco da tim. Eu tenho um áudio gravado com vozes diferentes e quando a pessoa liga, eu apenas aperto o play "desculpe, você ligou errado" Kkkkkkkkkkkkkk... Você pode baixar aqui: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.baviux.voicechanger&hl=pt

5 - Gartic

O Gartic é um jogo de desenho online que recentemente criou o aplicativo para mobile e facilitar nossa vida. Eu gosto muito desse jogo, é bem divertido e como nem sempre eu posso estar no computador, o app foi de grande utilidade para mim e sem contar que eu achei bem mais prático. É um jogo bem útil quando você está no tédio e sem nada para fazer, afinal, ele te arranca boas risadas.
Você pode baixar aqui: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.gartic.Gartic
Você pode jogar online aqui: https://gartic.com.br/




É isso galera, se você gostou da postagem, deixe um comentário me contando se você conhece esses aplicativos ou não e se você baixou para ver se gosta! Não esquece de me seguir ali ao lado ----->
Beijos galaxicos!!


sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Vídeo novo

Olá caotinhos, fiz um novo vídeo contando como surgiu o mundo caótico. Dessa vez narrado por mim e não escrito!
Confere lá e não esquece de se inscrever por lá...


Gostou da postagem? Não esquece de me seguir nas redes sociais.

Facebook: https://www.facebook.com/omundocaotico/
Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=7d0RsoqfNLY

Beijos galaaaaaaaxicos!

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Past continuous - T01 E01 - "Acaso"

A vida sempre nos confronta, não importa nossa idade. Ela nos obriga a continuar ou a desistir. Ela não nos dá tempo para parar e pensar. Por que o tempo pode parar para a gente, mas para a vida não. Ela segue. Sem remorso. Apenas segue.
Não sei se as pessoas costumam pensar no fluxo da vida ou se pelo menos alguma vez já pensaram. Eu sempre pensava, até o dia que encontrei uma foto do passado e vi que a vida é realmente cheia de surpresas.


Era segunda feira e estava muito quente para um dia que tinha acabado de nascer. 6:30 da manhã e a testa já pingava de suor e essa era a prova de que o verão realmente tinha chego, afinal, não dava para saber quando era verão na cidade, lá não tinha as estações pré definidas como no sul do país.
Camila estava em pé no ponto final do ônibus que costumava pegar, era a quinta da fila, não se preocupava muito em estar nessa posição, afinal, ainda dava para ir sentada. Só esperava sentar no lugar que costumava sentar (a cadeira da janela no último assento do ônibus).
O sol batia justamente na cara de todos que esperavam na fila. Estavam irritados e algumas mulheres se abanando, como uma motorista poderia ter tanto assunto as 7 horas da manhã? Foi então que Camila avistou o "Timo" o crush do ônibus um pouco mais atrás na fila. Olhou discretamente e depois se virou.
Enfim, o motorista saiu e o próximo ônibus já estava pronto, todos da fila seguiram subindo.
Faziam 3 meses que Vinicius tinha ido embora e ele e Camila decidiram terminar. O amor ainda estava vívido dentro dela, não sabia se estava ainda nele. Mas nos últimos meses tinha sido quase impossível seguir para a faculdade e não se sentir triste. A ausência de alguém que se fez presente durante 5 anos era difícil. Tentava olhar outras pessoas, mas não conseguia achar ninguém mais interessante que bonito. A exemplo de "Timo" cujo apelido veio de um cantor de rock, já que o mesmo era muito parecido com o cantor. Mas tanto ele quanto Camila, apenas se entreolhavam e nada mais. Não que faltasse coragem, apenas faltava vontade de algo diferente.
Sentou-se e colocou o fone. Tocou justamente a música que ela não queria ouvir "joan armatrading the weakness in me" e cochilou.
Uma buzina pertinente a acordou, ainda estava na frente do hospital Santos Dumont. Faltava uns 30 minutos para chegar na faculdade. Olhou para frente e o ônibus estava lotado e o olhar cruzou com os de "Timo" se encararam por uns 5 segundos e então desviaram, corados.
Entraram na avenida "Gregório de Assis" e mais umas 3 paradas, "Timo" desceria... O ônibus parou na primeira parada da grande avenida. Muitas pessoas desceram e o rapaz começava a se aproximar do fim do ônibus. E Camila começou a mexer no celular. A mão nervosa entregava que estava morrendo de vergonha. A próxima parada chegou e mais pessoas desceram do ônibus, esvaziando-o mais um pouco. Até que na terceira parada, a menina já se preparava para se despedir com um olhar tímido, quando "Timo", dessa vez, não desceu. Sentou em um banco próximo ao seu. Na frente. De repente as mãos de Camila gelaram e o coração bateu mais rápido - "É minha imaginação, ou ele não desceu?" 
Quarta parada, quinta parada, sexta parada, sétima parada, era hora dela descer, aquele dia não parecia um acaso ou será que parecia? Ela levantou lentamente, quando o ônibus parou no sinal, não quis encarar o rapaz (que olhava de canto de olho para ela). Ficou de frente para a porta, esperando para descer, quando "Timo" levantou também e em questão de segundos a porta abriu e os dois desceram juntos - Oi? - Aquele som vinha acompanhado de um leve toque no ombro esquerdo. Camila parou na hora e não se virou, ficou dura como uma pedra - É sério isso? - Ela pensou. Terrivelmente envergonhada, ela virou rápido e tentou sorrir, mas a única coisa que saiu de sua boca trêmula foi - "É..."


terça-feira, 4 de outubro de 2016

Past Continuous - Prólogo

A fresta de luz atingiu o olho esquerdo de Camila que estava quase acordando. A brisa esvoaçava a cortina e a claridade acendia e escurecia o rosto dela. Abriu os olhos. Era terça feira e não tinha aula. Olhou o relógio e marcava 7:20 da manhã - "Não sou mais a mesma de antes" - Pensou enquanto sentava na cama e tentava se manter acordada ainda. De fato, vale lembrar que Camila tinha o hábito de acordar muito tarde, quando mais nova, por volta das 10 ou 11 horas da manhã, devo lembrar que a alimentação dela, nesta época, era péssima. Por isso era um esqueleto - Como dizia sua mãe.
Pegou o celular e ligou a internet para checar as redes sociais. O whatsapp não parava de apitar, havia muitas mensagens do grupo chato do curso de espanhol. Como esse povo tinha tanto assunto? Em 10 minutos, 200 mensagens.Silenciou o grupo por 1 ano. Silêncio, silêncio, silêncio...
Observou o quarto e a desmotivação tomou conta, nem quis lavar o rosto, desceu assim mesmo.

__Vai sair? - Perguntou a mãe assustada
__Não, por que?
__Acordou cedo, é estranho você acordar cedo.
__Quando eu durmo cedo, eu acordo cedo.

O pão de queijo quentinho exalava pela casa de tão apetitoso. Tinham 4. O suficiente para o café da manhã com suco de goiaba. Em seguida, uma fruta. Banana, só para constar. Seu pai sempre dizia que a banana é uma fruta completa e que, ao ingeri-la pela manhã, ficaria com mais energia e pique para suportar o dia. Não que a terça fosse ter algo de diferente. Mas, se estabeleceu um hábito.

__Bom dia, princesa! - O pai disse dando um beijo na testa da filha. Esse  hábito nunca se perdeu. Fazia isso desde... Desde sempre.
__Bom dia, pai! - Suspirou
__O que foi?
__Apenas não dormi bem.

Terminou o café, lavou a louça e subiu. Tomou um banho e ligou o notebook - "verei um filme" - Pensou. Escolheu "O doador de memórias" bem, não era um filme que ela gostaria de ver, mas como ainda não tinha visto, resolveu ver. Enquanto carregava, abriu o explorador de arquivos e procurou pela pasta "fotos" e reviveu algumas lembranças de quanto era mais jovem. Passava as fotos e recordou de uma em especial. Sorriu. Estava bem diferente do que costumava ser, mas aparentava estar feliz... Foi tirada no aeroporto. Quando voltava de Fortaleza e quando Camila piscou o olho, de repente a tela do note começou a tremer e tudo pareceu desfocado ou seria a visão dela que estaria desfocada? Então tudo ficou escuro.

domingo, 2 de outubro de 2016

Smule - Sing

Olá, queridos caotinhos, hoje a postagem é sobre um aplicativo de karaoke bem famoso (eu acho) chamado "Smule - Sing". Para você que adora cantar, fique sabendo que este aplicativo é super prático e bem divertido.
Eu não sei bem se ele funciona em androids mais antigos, mas acredito que ele já funcione a partir do 4.0 já que o meu LG é 2.1 e não funciona (coitado do bichinho). Eu uso no outro celular que o android é 6.0. Enfim...


O aplicativo reúne um grande acervo musical, desde músicas brasileiras até músicas japonesas e lá você pode cantar sozinho, mandar convites ou cantar com a galera. Além de ter duas opções para cantar, na qual você apenas canta junto com a pessoa (mesmo que ela tenha feito um vídeo) ou você canta e grava o vídeo junto. Exemplo logo abaixo:

Sem vídeoHSM - What I've been looking for
Com vídeoHSM - Bop to the top

Sou eu que canto as duas kkkkkkkkkkkkkk...
Existem alguns famosos que cantaram suas próprias músicas e a gente poderia cantar com eles também, como a Jessie J, o Wesley Safadão, Nego do Borel, Alinne Barros e outros...















No Smule você também pode seguir e ter seguidores, quanto mais gente você seguir, mais convites você recebe e quanto mais gente te seguir, mas popularidade você terá. Você pode participar de parcerias que são grupos musicais dentro do programa, por exemplo: MITA, TNT BRASIL, FoX...
É um jogo muito legal e divertido, as desvantagens é que as vezes o programa dá uns bug e você precisa cantar de novo ou a música fica dessincronizada e também, para que você tenha acesso nas músicas para cantar, você precisa ser usuário vip, ou seja, pagar uma certa quantia. Se eu não me engano, é 30 reais por 1 ano e 3 reais por 1 mês. Mas não se preocupe, mesmo que você não tenha dinheiro ou mesmo que você não queira pagar, você pode continuar cantando com as outras pessoas de graça... É só procurar a música, clicar em "cantar com alguém" e escolher o melhor parceiro. Essa parte do vip só serve para você começar suas próprias parcerias. Tem um jeito de desbloquear as músicas sem ser vip, que é conseguindo créditos, só que além de ser demorado (já que são 35 por música) é chato ter que ficar vendo vídeo de propaganda que valem 5 créditos.
Fora que eu não entendo bem como funciona a questão da "sociedade smuliana"já que se você não é vip, as pessoas não dão muito ibope para você. Tipo, eu mando diversos convites e ninguém canta comigo :( tipo, eu sei que eu canto mal, mas tem músicas que ficam muito legais e os gringos vivem cantando comigo, agora quem eu mando convite, de fato, não cantam. Vai entender...
De qualquer forma, baixem o aplicativo, garanto que vocês vão se divertir muito e cantem comigo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk,,,


Um vídeo da Aline cantando com a Marina




Gostou da postagem? Então comente aqui embaixo o que você achou do app e se você já conhecia, quem é você no Smule *-*
Não esquece de me seguir ali ao lado -----------> 
Beijos galaxicos!