sexta-feira, 18 de abril de 2014

Açúcar: O sabor amargo da decepção



De que o sol envelhece a pele, nós já sabíamos, agora o açúcar?
É meu bem, o açúcar em excesso envelhece e foi comprovado cientificamente. Como assim, Polly?
Então, quando envelhecemos, nossa pele perde a elasticidade e começa a enrugar. Esse processo é comum e normal com o passar do tempo, por que as nossas células vão ficando envelhecidas e o nosso corpo começa a perder a eficiência de gerar outras novas. Quando ingerimos muito açúcar, o que acontece é o mesmo processo, só que não por que nosso corpo está ficando velho, mas sim por que a glicose contém uma molécula que é capaz de fazer o colágeno se ligar incorretamente no processo químico de renovação de tecido, fazendo com que a pele envelheça e perca sua elasticidade.

De acordo com o site: http://www.tecmundo.com.br/ciencia/17202-ciencia-comprova-acucar-envelhece.htm

"Uma pesquisa realizada em parceria entre a Universidade de Leiden (Holanda) e o instituto de pesquisas Unilever (Reino Unido) está sendo publicada para mostrar isso.
Para finalizar, 60 pessoas foram convocadas para analisar fotografias dos mais de 600 voluntários e tiveram de responder quais eram os mais velhos – vale dizer que todos tinham idades semelhantes. A média das respostas mostrou: quanto mais glicose concentrada no sangue, mais rápido acontece o envelhecimento.Foram selecionados 569 voluntários saudáveis para os estudos, sendo então separados em três grupos – de acordo com o nível de concentração de açúcar no sangue após as refeições. Também foram chamadas 33 pessoas diabéticas para a pesquisa, que geralmente possuem taxas elevadas de glicose."


O chocolate é o doce preferido das pessoas e o índice glícêmico dele é bem alto, então não é bom exagerar nas quantidades de chocolate ou de qualquer outro doce. É claro que é impossível não comermos algum doce, até por que o corpo precisa de glicose, mas é bom consumir com moderação.
O doce moderado evita muitas doenças cardiovasculares e a temida diabetes, que apesar de ter controle e possibilitar que o doente tenha uma vida normal, não é uma doença tão simples assim, exige muito cuidado.
Comer frutas, alimentos integrais (que tem baixo índice glicêmico) e comer de 3 em 3 horas juntamente com exercicios físicos e ingerir bastante água, é uma dieta equilibrada para manter uma saúde boa e não envelhecer precocemente.

*Você já reparou que quem bebe muito, tem a cara meio velha e rugas? Agora já sabe por que, né?

Abraços galáxicos ;)

Reflexão

Dizem que sonhar com gatos não é uma boa coisa e dependendo do contexto, pode significar muitas coisas diferentes.
No meu sonho, eu tinha medo do gato, ele estava no colo de uma pessoa que estava ao meu lado, não sabia quem era, bem, o gato pulou do colo da pessoa e veio para cima de mim, se enroscando e ronronando. Ele estava me pedindo alguma coisa e eu notei que o potinho de água e comida estavam secos... Eu levantei e enchi o potinho com água e quebrei os biscoitinhos e melei no leite. O gato ficou me olhando e parece que o medo que eu sentia, tinha passado. Fui embora. Desse sonho, eu penso: É engraçado como as pessoas querem te impor algo, assim, não respeitam seus sentimentos, sua opinião, como se elas não valesse, não significassem nada. É engraçado como só o que você diz, tem valor. O chamado etnocentrismo, só suas qualidades, cultura são válidas perante a alguém.
O respeito é uma peça importante para uma boa relação com as pessoas. se não há respeito, então não há comunicação. Como conviver com alguém que te diz "é assim e pronto, ou você aceita ou vai embora" e o seu pensamento? E a sua opinião? Onde fica?
Não... Ninguém deve impor as coisas em outra pessoa, devemos saber ouvir, entender e tentar ajudar o próximo, mostrando a sua opinião sem desrespeitar a outra e entrar em um acordo. As palavras machucam mais que uma ação, as palavras permanecem gravadas na memória mais facilmente que uma ação. Não falo isso com alguém que nunca erra... Eu sou a primeira a não atirar a primeira pedra, por que eu sei que já errei muito.
Enfim, mudando de assunto, só relembrando, na minha última endoscopia, deu que estava com gastrite de leve e o gastro me passou um outro medicamento chamado de Esonex de magnésia. O remédio custa caro e eu ainda não tomei (por medo de tomar medicamento) mas tomarei para me sentir melhor. Quando eu tomar, eu posto aqui relatos dessa nova experiência. A princípio, o esonex é da mesma classe do omeprazol, é só um composto diferente.
Um novidade, cortei meu cabelo... Ele estava até a cintura e agora está no ombro kkkkkkk... Não gosto de cabelo comprido, ainda mais nesse calor, ficou bem melhor. Próxima coragem será pintá-lo de vermelho.

Beijos galáxicos...


terça-feira, 15 de abril de 2014

Caricatura

A vida é como um lápis, vai se desgastando aos poucos até chegar ao fim. A cada risco, uma história, a cada contorno, um erro e a cada erro, uma borracha. A s vezes, costumamos escrever nossas vidas com caneta e acabamos marcando nosso coração com coisas que dificilmente são apagadas, assim como caneta no papel, é capaz de rasgar, de machucar lá dentro.
Há coisas que escrevemos no nosso livro da vida que machucam os outros e acabamos nos arrependendo das coisas e não importa o quanto você se redima,não mudará, por que essas palavras foram marcadas com caneta, dificilmente sairão, dificilmente serão apagadas. De certa forma, é um círculo vicioso, você tenta apagar, mas não consegue e é sempre melhor parar de tentar, por que o coração é como o papel, pode rasgar e mesmo colando, não será como antes. A cicatriz não é chamada de cicatriz se fosse uma marca de um machucado.
Quando sofremos um impacto, a gente fica sem ação na hora, não há lápis ou caneta que nos faça escrever algo no livro ou emitir algum sinal, simplesmente ficamos mudos, isolados e quietos. Pensando em algum argumento e não vem nenhum coerente que dispense outros quando falado.
Fazemos nossa caricatura de acordo com nossas atitudes e nem sempre ela sai do jeito que queremos... Sempre temos a borracha para apagar e começar novamente, exceto aqueles momentos que foram feitos com caneta.


sexta-feira, 11 de abril de 2014

20 poucos anos...

Fiz essa montagem para um trabalho... Será que mudei muita coisa? kkkkkkkkkkkkkk...


Como eu não morava mais em Santa Catarina, a foto não ficou perfeitamente igual. Bem, eu não tinha outra para bater, essa me pareceu mais justa, com a minha eterna e amada boneca da Eliana.
A primeira foto foi em SC, eu devia ter uns 8 anos e na segunda foto, eu estou com 22 anos kkkkkkkkkkkkk... Bem, eu cresci, de fato!
É isso galera, minha simples postagem de hoje... Beijos!

domingo, 6 de abril de 2014

Retorno 1

Bom dia, caros caóticos... Faz tempo que não posto nada, não é mesmo? Bem, minha vida tem sido corrida, minhas aulas começaram e muita coisa mudou, inclusive eu mesma.
Como podem perceber, o tema do blog mudou, não ficou um barato? A coisa mais linda... Faltam alguns ajustes (toque pessoal) mas farei depois, por que hoje eu estou com preguiça. Quem fez foi o Lito *-*, não sei como, mas fez e eu agradeço muito, por que dessas coisas eu não entendo. Com certeza irei agradecer para sempre pelas coisas que ele fez por mim, embora, eu aparente ser mal agradecida, mas tudo o que existe dentro do meu coração, está seguro.
Minha aula de violão está cada vez mais complicada e eu quase sai por falta de tempo para treinar, mas eu sou brasileira e não desisto nunca, né não? Então, estou tentando como eu posso. E por falar em violão, estou treinando uma música nova no pretinho, é a marcha turca do Mozart


Facinho kkkkkkkkk para não chorar, mas eu achei tão bonita que estou treinando e eu vou conseguir, já tirei a primeira parte da música, falta a segunda que é a mais rápida e um pouco mais complexa.
Essa é a que eu já tirei, é uma das minhas favoritas. Normalmente eu a toco quando estou triste...

Chopin - Étude Op.10 # 3 in E major (Tristesse)



É isso galera, beijos galáxicos.