terça-feira, 1 de novembro de 2011

Ao som de Paralamas

... Eu fico refletindo sobre a vida, como as pessoas que conviveram comigo já estão seguindo seu caminho e eu aqui, parada no tempo. Sempre repito que dias melhores virão, que eu conseguirei tudo que eu quero, serei uma escritora reconhecida mundialmente e meus livros farão sucesso, assim se Deus quiser.
Esquecerei de todos que não se importaram e aqueles que estão guardadinhos em meu coração... Esses estarão na dedicatória do meu livro.
Elo de sangue está quase pronto ;)

- Boa sorte para mim :D