quinta-feira, 31 de julho de 2014

Blá

Escrevo coisas da qual eu entendo, da qual eu não sei, também. Penso em coisas da qual eu me arrependo e faço também. Mas o que deveria fazer? Seguir minha intuição ou a dos outros? Ou jogar the sims e esquecer tudo?
Estou aqui "sozinha" e não me satisfaz chorar, por que eu anseio por paz. Isso já não me traz paz.
Não sei o que busco, do que preciso. Quero ficar como estou, sem mudanças.
Tenho medo de mudanças. Tenho medo do escuro... Outra vez aqui em casa faltou luz [...] Ontem não foi bom para você? Por que me força a algo que eu não quero falar? Por que não para quando deve parar? Por que não respeita o que deve ser respeitado? Assim como as folhas que caem da árvore. Tudo tem seu tempo de acontecer... Eu não sei quando, não sou uma fada e não possuo bola de cristal.
Vire para mim e me diga coisas bonitas, vire para mim e me diga "ei, desculpa, vamos conversar direito" não vire as costas para mim, eu não quero ser ignorada.
E se faltar luz? Aonde eu irei me esconder?
Eu devo aderir a escuridão?
Ou enfrentá-la?


quinta-feira, 17 de julho de 2014

O trabalho de Lucas Stammer

Então galera, o post de hoje é sobre um amigo de infãncia chamado de Lucas Stammer e suas grandes músicas... Eu já havia escutado uma música, mas tinha sido há muito tempo e esses dias, procurando uns vídeos, me deparei novamente e agora, mais madura para a música, pude perceber o quão é grandioso é o trabalho desse rapaz.
E com a autorização dele, é claro, estou compartilhando o trabalho dele com vocês, queridos caotinhos.
Resumidamente, eu conheci o Lucas na igreja, por volta dos meus 10 anos de idade (faz muito tempo) e nós morávamos em São Francisco do Sul - SC e depois de alguns anos, eu tive que ir embora e nunca mais tive contato com ele. Depois de anos, quando criei meu facebook, encontrei o Lucas e uma galera de São Chico kkkkkkkkkk embora eu não tenha tanto contato assim e não falo muito com eles, eu fiquei muito feliz de rever esse antigos amigos.

Você pode encontrá-lo no: 

Twitter
MySpace
Soundcloud
Youtube

Aqui alguns vídeos para vocês conhecerem esse talento =D

Lucas Stammer - O mundo (Albúm: In my dreams)
Como não consegui pôr esse vídeo aqui, coloquei apenas o link.. Por que agora que eu percebi que estava duas músicas iguais.



Lucas Stammer - In my dreams (Albúm: In my dreams)


Então é isso galera, gostaram da postagem? Então compartilhem com seus amigos e não esquece de comentar aqui ou na caixa velha azul de guerra... Beijos galáxicos!

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Presente + Escultura do Hobbit

Eu gosto muito de dar presentes bem tradicionais para as pessoas e também gosto muito de inventar "moda" como diz a mamãe e para a sorte dela, eu só paro quando eu consigo kkkk e não foi diferente, nesse dia dos namorados, resolvi dar um presente diferente.
Como ele gosta muito do filme "The Hobbit" resolvi dar algo relacionado ao filme para ele. No intuito de pegar uma imagem bem bacana para fazer uma camisa, achei uma escultura do Smaug no google imagens, feita de papel, por uma mulher chamada Victoria.


Você pode ver mais detalhes dessa escultura e outras da artista no site: http://fartoomanyideas.deviantart.com/

Aí, me inspirando nessa obra de arte, resolvi criar a minha própria *-* eis o resultado aí embaixo.


Eu peguei um dicionário, pintei de preto e colei a capa do livro do Hobbit nele. Fiz um Bilbo Bolseiro de biscuit e o Smaug de argila. Os detalhes são: A pedra branca que o Bilbo entra na montanha para roubar, as moedas de ouro do tesouro do Smaug (algumas estão grudadas nele). E todo esse trabalho foi envernizado

.
Aqui é o outro detalhe, do dragão saindo do livro, assim como na escultura original *-* e aquele negócio branco, é um bibelô de cavalo que eu coloquei para dar suporte na hora de colar kkkkkkkkk. No mais, o livro, o Bilbo e o Smaug foram todos colados na base de madeira.

E é isso, galera, gostaram da postagem? Então deixe seu comentário aqui ou na caixa azul velha de guerra e você? Já viu algum personagem saindo de um livro?
Beijos galáxicos!


terça-feira, 8 de julho de 2014

O Jardim da minha vida

Leia escutando: Yiruma - Sweet dreams, my dear

A paz que eu procurava estava nos erros da melodia que eu escutava. E tudo ficou tão claro, e tudo ficou tão ameno... Como se o vento tivesse me embalado em um doce voo para além do céu, além do azul que meus olhos pudessem enxergar.
E esse azul se tornou total escuridão, com pontos brilhantes em cada esquina. Estaria eu, no universo?
Meus sonhos se concretizaram em minha frente e eu pude ver tudo que estava adormecido dentro de mim, a voz do meu coração sussurrava "siga em frente" e então eu acordei de um sonho.
Percebi que estava indo no caminho errado, sonambulando, mas algo me fez acordar... Talvez a voz de Deus que vive dentro de mim.
E eu ainda me sinto perdida, mas sei que, mesmo longe, ainda continuarei caminhando até encontrar o jardim da minha vida.



"Se não puder se destacar pelo talento, vença pelo esforço" 
(Dave Weinbaum)

"É na queda que a água ganha força"

"Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando... Porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive, já morreu..." 
(Sarah Westphal)

domingo, 6 de julho de 2014

Por trás de Fukai Mori

Fukai mori é uma música da banda japonesa "Do as infinity" - Ela é a décima música criada pela banda, a décima segunda do albúm "Do the best" e a décima do albúm "Do the A-side".
A música Fukai mori faz parte da trilha sonora do anime "Inuyasha" e é apresentada no segundo encerramento do anime, no Brasil, ganhou a versão "densa floresta" interpretada pela cantora Sônia Santhelmo.

A história por trás dessa música é triste, a cantora Tomiko Van a compôs depois de um incidente em sua vida. Não sei dizer se isso realmente é verdade, mas pelo que eu pesquisei, Tomiko teria tido uma discussão com o noivo e os dois acabaram terminando, depois o noivo dela acabou sofrendo um acidente e falecido. A cantora ficou extremamente abalada e com essa tristeza, fez a música Fukai mori, que a principio tem uma letra chocante e bem reflexiva.



Fukai mori - Densa floresta



"Fukai fukai mori no oku ni ima mo kitto
Okizari ni shita kokoro kakushite'ru yo
Sagasu hodo no chikara mo naku tsukarehateta
Hitobito wa eien no yami ni kieru
Chisai mama nara kitto ima demo mieta ka na
Boku-tachi wa ikiru hodo ni
Nakushite'ku sukoshi zutsu
Itsuwari ya uso wo matoi
Tachisukumu koe mo naku
Aoi aoi sora no iro mo kidzukanai mama
Sugite yuku mainichi ga kawatte yuku
Tsukurareta wakugumi wo koe ima wo ikite
Sabitsuita kokoro mata ugokidasu yo
Toki no rizumu wo shireba mo ichido toberu darou
Boku-tachi wa samayoi nagara
Ikite yuku doko made mo
Shinjite'ru hikari motome
Arukidasu kimi to ima
Boku-tachi wa ikiru hodo ni
Nakushite'ku sukoshi zutsu
Itsuwari ya uso wo matoi
Tachisukumu koe mo naku
Boku-tachi wa samayoi nagara
Ikite yuku doko made mo
Furikaeru
Michi wo tozashi
Aruite'ku eien ni
Tachisukumu koe mo naku
Ikite yuku eien ni"

"Agora no fundo da densa, densa floresta, certamente
Despertou o que estava escondido dentro do meu coraçãoQuanto mais me esforço a procurar o poder, mais me canso
Todos irão desaparecer na escuridão eterna

Mesmo se for pequena, certamente verei a tristeza

Quanto mais vivemos
Mais coisas perdemos pouco a pouco
Perdido num vale, num chão inseguro
Nos impossibilitando de falar e chorar

Assim como o céu, muito, muito azul, ferido
Todos os dias, o cedro vai para o rio.

Uma estrutura alcançável, a mão da voz
Um fraco e antigo coração está começando a bater novamente!
No "ritmo" do tempo, talvez voarei mais uma vez

Vivemos em qualquer lugar
Enquanto viajamos sem rumo
Procurando a luz na qual acreditamos.
Eu caminho com você.

Quanto mais vivemos
Mais coisas perdemos pouco a pouco
Perdido num vale, num chão inseguro
Nos impossibilitando de falar e chorar

Vivemos em qualquer lugar
Enquanto viajamos sem rumo
Olho para trás
O caminho tortuoso
Andando para sempre

Vivendo para sempre impossibilitados
De falar e chorar."

E aqui um vídeo da Tomiko chorando ao cantar a música.



Então, gostou da postagem? Então comenta aqui ou deixe sua sugestão da caixa velha azul de guerra, ali do ao lado ---->
E você? Já escutou Fukai mori? Beijos galáxicos!