sábado, 24 de janeiro de 2015

Eu não gosto de crianças

Isso mesmo, não gosto!
Não se sintam com raiva de mim ou outro sentimento ruim, por que eu não vou maltratar ou xingar ou cometer qualquer outra maldade com crianças. Longe de mim, eu sou uma pessoa boa.
Mas eu realmente não gosto de crianças, não tenho muita paciência. Não gosto dos mi mi mi delas, do choro, não gosto. E não, eu não quero ter filhos. Nunca quis ter.
As vezes, tem pessoas que me olham torto ou que não aceitam a minha decisão ou opinião, ficam falando o tempo todo "fala isso por que você é nova" ou "quando você for mais velha" - Gente, aceita, eu não gosto de criança.
Tem mulher, como já li em um blog, que acha que é mais que as outras só por que são mães ou que estão grávidas. Conheço uma pessoa que tem a mesma idade que eu e me acha a criança da familia. Tipo, eu não ser mãe, não faz de mim uma pessoa imatura, ok?
Isso vale para qualquer pessoa que se identifique comigo.
Olha, eu já cuidei de muitas crianças, eu brinco, sorrio, mas eu apenas não quero proximidade. Sem contar que eu sou muito fresca... Não gosto de nenhuma criança intrometida mexando nas minhas coisas (criança tem aquela fase né?). E última coisa - "Mas, Polly, você já não foi uma criança?" - Sim, e daí? Não sou mais e é provável que alguém também não gostasse de mim naquela época, se bem que eu nunca fui uma criança espoleta... Sempre fui quieta, sem muitas afinidades com outras crianças.

93 comentários:

  1. me identifico com o post :D
    só que no meu caso nem para cuidar de uma criança eu tenho paciência....
    detesto algazarra e criança adora uma bagunça..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anônimo =D obrigada por visitar o blog!
      Em alguns casos sim, mas em outros kkkkkkkkk
      Um grande abraço!

      Excluir
    2. Eu também não tenho paciência alguma, não me vejo tendo um filho, tendo todo aquele trabalho que é cuidar de uma criança, isso atrapalha bastante nos relacionamentos, não encontrei nenhuma que não deseja-se ter filhos.

      Excluir
    3. Eu gosto de crianças, pelo menos algumas, sou casada e moro nos fundos da casa da minha sogra, ela tem um filho pequeno de 4 anos ele é uma peste não consigo gostar dele não sei... acho que peguei birra. O problema é que ele não sai de dentro da minha casa e acaba com a minha privacidade com meu marido, nos sempre brigamos por esse motivo e mesmo que se colocar um portão no corredor ele vai chutar pq ele ja fez isso na nossa porta... e minha sogra não fala nada.. tipo ela é legal mas ao invés dela brigar com o filho pequeno não manda ele vir aqui em casa me irritar e eu to pegando muita raiva de crianças!! Me ajudem por favor?

      Excluir
  2. Excelente! Tirou as palavras do meu teclado!

    ResponderExcluir
  3. Aproveito, inclusive, pra lançar uma pergunta: por que é tão difícil encontrar por aí mulheres que pensam como você?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláaa Thyago =D Obrigada por visitar o blog... Essa é uma boa pergunta e ao mesmo tempo difícil kkkk... Mas acredito que mesmo estando em 2015, muitas mulheres ainda seguem um padrão feminino, que é casar e ter filhos. Apesar de algumas quererem fugir desse ritual, o simples fato de imaginar o que os outros vão pensar, acaba amendrontando elas. Convenhamos, aquelas que não querem casar ou não querem ter filhos, sempre serão as "titias" ou as "secas". Se eu fosse mencionar tudo que já me falaram, eu não ia sair daqui nunca kkkkkkkkkk...
      E daí sobra aquelas que são taxadas de rebeldes (que é aonde eu me encaixo e normalmente sou chamada de criança da familia), por que essas não tem medo de falar a verdade, mesmo que ela seja assustadora diante da verdade padrão, entende? Vai falar que não quer ter filho perto da sua avó? O que? Ela só vai te olhar com aquele olhar de desprezo kkkkkkkkkk...
      A verdade é que mulheres que são radicais não tem medo de expressar o que realmente querem, por que não estão nem aí para a opinião alheia... Mas elas são minoria, por isso é tão difícil encontrar mulher assim. Não é ser vida "loka" é apenas ter outros planos que não seja o tradicional.

      Espero que você tenha entendido, eu sou um desastre para responder perguntas assim... No mais, um grande abraço! :D

      Excluir
  4. Vou comentar o texto como um desabafo quase que existencial a respeito da minha posição tomada recentemente quando em um determinado momento aqui em casa soltei um “Não gosto de crianças”... Quase que de imediato fui alvo de alguns olhares julgadores e impiedosos de meus pais, e familiares que na mesma hora responderam com um “-Ei, olha a boca rapaz, as crianças são um presente de Deus.” Sim, eu sei, são o fruto da vida, da prosperidade, amor, carinho... sim, eu sei. Fui criança também...
    mas ei! Não pode ser sempre assim politicamente incorreto, quando soltamos frases que estão presas em nossa consciência mesmo que algumas pessoas não vejam com bons olhos, são nossos sentimentos soltos ali, ainda mais depois de levar na cabeça uma dezena de brinquedos (meu sobrinho é daqueles que grita e taca coisas em você se não fizer suas vontades) ... sim... sou tiozão... O fato é que não é que eu “não goste de crianças” (agora eles me acham um monstro!), mas sim de que não tenho tanta paciência como gostaria... Um dia quero ter filhos, quero ser um paizão... mas hoje, hoje... não. kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Adilar!
      Obrigada por visitar o blog, bem, é complicado mesmo essa situação do "eu não curto crianças ou não tenho paciência" por que para quem gosta de paixão delas, acredita que todos são obrigados a gostar também. Eu não sei se quero ser mãe, um dia, por que sinceramente, eu não me vejo sendo uma... Eu não tenho paciência para isso, assim como você! Apesar de eu ser tia e madrinha também, sempre tem aquele ditado, né? Filho dos outros é uma coisa, agora o nosso... Só uma cabeça bem madura e um futuro bem certo para isso.
      No mais, boa sorte com seus familiares e você não é um monstro. Se fosse assim, todos seriam, por que todos tem opiniões diferentes.
      Beijos xD kkkkkk

      Excluir
  5. Eu lhe entendo, pois também vivo uma situação parecida, ja aproveito para lhe pedir desculpa por mudar um pouco o rumo inicial do seu texto. Gosto de crianças, tenho filhos e se eu pudesse teria mais.. Mas não gosto de gays e nem por isso vou agredi-los verbal ou fisicamente e também não os evito, mas assim como vc, também sou alvo de críticas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anônimo :D
      Obrigada pelo comentário e por visitar o blog. Lhe entendo também... Nós sempre enfrentamos dilemas e isso se dá simplesmente por que as pessoas não estão acostumadas a respeitar a opinião das outras. Nota-se pelas críticas. Elas acham que só por que a gente não gosta, a gente vai fazer algo cruel, o que não é verdade para pessoas como nós, que respeitam o outro.
      Eu não te condenaria se você me falasse que não gosta de gays,é uma opinião sua, afinal, você não é um robô para aceitar tudo.
      Um boa sorte com as pessoas que te criticam, apenas tenha Deus em sua vida e peça sempre que ele te ilumine!
      Um grande abraço =D

      Excluir
    2. Não gosto de gays, mas tem que respeitar, ao mesmo tempo, ninguém te pergunta quando você vai ter um gay em casa, ninguém quer que você fique elogiando e sorrindo para todo gay que você vê, os gays não entram na sua casa, bagunçam, mexem nas suas coisas e os outros te dizem para aceitar, pq é um gay.

      Agora como alguém que não gosta de crianças já passei por todas essas situações com crianças

      Excluir
  6. Nossa. Me vi nesse post. Eu não gosto e não suporto nem ter contato. Nunca vou em festas de crianças nem que seja da família. E fico louca quando as pessoas falam que sou nova por isso tenho esse sentimento, vou ser assim até morrer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lithiane =D obrigada por visitar o blog *-*
      Te entendo, é muito chato mesmo, quando as pessoas ficam te fazendo perguntas e quando você diz, elas falam "ahhh fala isso agora" isso também me irrita muito. Masinfelizmente temos que ficar calados e seguir a vida, né? :( (tenso)
      Um grande abraço!

      Excluir
  7. Sou homem(hétero), tenho 29 anos, casado a quase 3 anos e confesso, NÃO GOSTO DE CRIANÇAS! . Sou muito feliz no meu casamento, mas vejo que isso machuca a minha esposa. Ela ama crianças e gostaria de ter vários filhos, enquanto eu não me vejo sendo pai. As vezes penso que tenho algum tipo de distúrbio ou trauma, pois o senso comum diz que devemos amar os pivetes. Quando olho para uma criança, a única coisa que sinto é vontade de desviar o olhar e sair de perto dela. Também tenho a impressão de que elas não vão com a minha cara. Pra piorar, um grande amigo meu me convidou para ser padrinho do seu filho( hoje com 5 anos). Aceitei o convite, claro! Pois não queria decepcionar meu amigo. Mas a minha relação com o garoto é meio que "vc lá e eu cá", mal nos falamos. Quando ele era um bebê, chorava quando eu falava com ele e dava um show se eu o pegasse nos braços. Isso piorou ainda mais o que sinto. Pra finalizar, faço um comentário que vai parecer monstruoso: Prefiro um cachorro à uma criança. Isso mesmo! um cachorrinho me deixa muito mais a vontade do que uma criança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo, obrigada por visitar o blog =D
      primeiramente, por partes: Entendo perfeitamente você, até por que meu namorado adora crianças e sonha em ser pai e eu não curto e também não quero ser mãe. Até aí já tem um problemaço, não acha? Bem, assim como eu fiz, você devia ter uma conversa bem franca com sua esposa, até por que vai chegar uma hora, em que a responsabilidade pesa (no sentido de que ela vai querer e ponto). Não acho monstruoso por que eu não faço parte dessa sociedade machista, feminista e todos os istas existíveis, por que quando a gente rotula ou padroniza algo, isso se torna o certo, não é? E o certo talvez não seja o verdadeiro para nós, fazendo com que a gente não se encaixe. Muitos casais preferem um cachorro a que uma criança e até tratam o mesmo como uma. Muitas pessoas acham isso pavoroso e outras acham normal. Na real, sempre haverão pessoas que vão nos criticar ou reclamar, por que é fato das pessoas, elas precisam disso. A única coisa estranha, é que você aceitou ser padrinho. Eu recusei um convite recentemente (criticaram até a alma) mas eu nem ligo, o importante é não fazer o mal e voalá!
      Boa sorte com sua esposa e um grande abraço!!! =D

      P.S: Realmente, a criança sabe que você não curte muito e quer ficar sempre te apurrinhando.

      Excluir
    2. Eu não porque eu me senti no direito de me intrometer aonde não zou chamada.Oi,não tenho preconceito nenhum e é só um conselho.você não quer ter filhos e sua mulher ama crianças e que ter um filho.como vc mesmo disse isso machuca ela.ela está se sacrificando muito e no final pode ser que ela te largue por causa disso ou imagina se ela ter um filho com vc mas vc não querer,vc pode se sentir obrigado a fazer isso,vc vai estar se sacrificando por ela e issó é muito ruim né.os opostos se atraem pode ser uma frase bem digna para um filme criche,mas depois disso vem os desentendimentos e são por coisas bem simples e nem tanto complicadas e então imagina para ter um filho.vc vai sacrificar a sua felicidade para ter um filho ou ela vai sacrificar a felicidade dela por vc.

      Excluir
  8. Concordo em número, gênero e grau, detesto crianças gritando ao meu redor e mesmo jamais tendo mal tratando nenhuma delas e nao concordando com nenhum tipo de violência ou agressão com crianças, não pretendo jamais ter filhos, mas essa decisão gera muita discriminação de todos como se não ter filhos fosse o fim do mundo e te-los fosse obrigatório.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, DanyF =D
      Nossa, você disse algo muito maneiro "Como se não ter filhos fosse o fim do mundo e tê-los fosse obrigatório" realmente, isso cabe até para gostar, agora é obrigatório gostar de criança. As pessoas não conseguem entender qual é o mal nisso, tipo, não somos nenhum assassino de menores, eu hein... Apenas não temos paciência. Assim como tem gente que não suporta cachorro...
      As pessoas se perderam hoje em dia, está tudo tão "mimimitizado" por isso o melhor é fica na nossa mesmo...
      Boa sorte em suas escolhas e um grande abraço!!! :D

      Excluir
  9. Olá Polly, fiquei feliz de saber q não sou a única.. Kkkk...eu desde de criança não gostava das crianças mais novas...e elas me amam....não sei ainda o pq...desde de pequena nunca quis casar e nem ter filhos....mas minha situação é tensa, pq para piorar sou educadora concursada trabalhoo dia todo com criança....e eu até tento mas não tem jeito... É a primeira vez q falo nisso...passei anos da minha vida me torturando e confesso ainda fico tentando achar uma causa para o q sinto...mas em fim....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heeeey, anônimo!
      Vishhhhh... Como assim, concursada?? :O eu sinceramente não aguentaria... kkkkkk
      Acho que na verdade você gosta, mas não tem jeito, por que se trabalha como educadora, deve ter paciência :P
      Eitaaaaaa... Acho que você deveria analisar se isso de deixa feliz, por que trabalhar em algo que te tortura não é tão saudável assim, no mais, eu te desejo boa sorte e que Deus te ilumine sempre!!!! :***

      Excluir
  10. Eu queria ter paciencia,gostar de crianças!!desde pequena nao tenho muito jeito com elas!!!nao sei como agir perto delas,fico toda desajeitada,tenho uma irma de 5 anos que apesar de ama-la,sinto vontade de matar!pq eu nao suporto todo esse nhemnhem,choro,birra afff!!!eu pensei q so eu detestasse crianças,e geralmente elas tambem me detestam!!!fazer o que neh!!tambem sempre digo que nao vou ter filhos,tenho tanto medo de engravidar que nao confio em nenhum metodo contraceptivo rs rs!E TENHO RAIVA QUANDO ESSAS PESSOAS DIZEM QUE MAIS PRA FRENTE EU VOU TER!QUE EU FALO ISSO SO AGORA AFFF!!!E DURO NEH!!eu nao tenho o tal instinto maternal!!😓😓

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Viviane, obrigada por visitar o blog =D
      kkkkkkkkkkkkkkk te entendo perfeitamente, as pessoas adoram planejar nosso futuro, não é? ¬¬ eu também nunca fui de estar brincando com outras crianças quando era mais nova, vivia na aba da minha mãe kkkk e realmente, parece que elas ficam olhando para gente, tipo "é com essa que eu vou perturbar" mas na verdade, criança gosta de chamar atenção, então quanto mais você ignora, mas ela vai querer chamar a sua atenção. Mas é isso, tem gente que não nasceu com esse instinto, né? kkkkkkkk
      Um grande abraço *-*

      Excluir
    2. Sou outra. Daqui a pouco vou completar 30 anos e nunca namorei porque não quero engravidar e não confio em nenhum método contraceptivo.

      Excluir
  11. sou exatamente como vc, não gosto de criança, nunca quis e não quero filhos, não tenho paciência nem de ver uma criança, quanto mais brincar ou cuidar. fui criança sim, mas isso não quer dizer que sou obrigada a gostar pq fui. também fui tachada por não querer filhos, a tal da história -ah, vc é nova tal, fiz a histerectomia justamente pq não vou ficar menstruando e não vou usar nunca um útero. mas eu não ligo pra opinião alheia, sou quem sou, se isso incomoda, sinto muito, pegue o trem e suma. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heyy, ASN, obrigada por visitar o blog *-*
      Nossa, mas quantos anos você tem? Não sabia que podia tirar o útero --' tipo, é uma chatice só quando as pessoas ficam falando isso, tem gente que fica agourando minha vida "ahh, vai ter um monte só de raiva" tipo, cara, qual é o problema? A vida é nossa, o corpo é nosso, não somos obrigadas... Tipo, para quê ter filho e não cuidar direito?Tem gente que não tem instinto, como a Vivi falou :(
      mas é isso aí, precisamos não ligar para os outros, se não a gente não vive kkkkkkk
      Um grande abraço =D

      Excluir
  12. Olá
    Perfeitamente igual a eu ... nao sou ruim ... mas nao quero ter filhos e nao gosto de crianças

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Kelen *-* obrigada por visitar o blog...
      Somos duas... Acho tão ruim as pessoas acharem que a gente vai fazer mal e elas... :(
      Um grande abraço

      Excluir
    2. Eu odeio crianças pequenas (até 4 anos),odeio a natureza delas...acho que são egoístas,porcas,barulhentas, inconvenientes e destrutivas,mas tenho um filho de 5 anos.So que com meu filho,por mim muito desejado e amado,sempre foi diferente,nunca tive por ele o sentimento ruim que sempre carreguei pelas outras crianças.Porém,quando ele nasceu,passei a odiar ainda mais as outras crianças,como se fossem uma ameaça para o meu filho.Sei que é estranho,nem eu sei explicar...mas o que posso dizer e que o meu filho sempre esteve acima das outras crianças,as quais eu continuo odiando,e que mesmo após o nascimento dele eu entendo as pessoas que não gostam de crianças.

      Excluir
  13. Olá
    Me identifico perfeitamente ... as vezes penso que deus vai me castigar nisso mas é uma opção minha e eu respeito minhas decisoes ... não quero ter filhos e nao gosto de crianças ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anônimo xD obrigada por visitar o blog... Nossa --' Deus não irá te castigar por isso, você apenas não gosta de algo. Seria muito ruim você ter filho e o abandoná-lo ou não desse amor... Então não pense assim, é apenas uma opinião sua e uma escolha. Tudo bem?
      Um grande abraço :*

      Excluir
  14. Toda a criança é chata, ficam enchendo o saco, querendo que que nós brinquemos com elas, aquelas brincadeiras chatas, ou querem ver aqueles filmes babacas. Pior são aquelas mal educadas, choronas, mimadas. Não tenho a menor paciência com filho alheio... Só aguento se me pagarem ou se forem meus filhos, pq por incrível que pareça eu quero ser mãe. Vão ser MEUS filhos, eu vou amá-los, agora, filho dos outros me poupe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anônimo! "paciência com filho alheio" kkkkkkkkkkkkkk eu ri, por que eu sinto a mesma coisa. Parece que as pessoas são moles, sei lá, não conseguem segurar o filho =S também não tenho paciência, principalmente com criança tola (mimada, chorona e que vive enchendo o saco). Mas não quero ser mãe, não tenho essa vocação :S
      Um grande abraaaço! =D

      Excluir
    2. Me identifiquei com seu comentário também não tenho paciência com o filho alheio, eu não suporto crianças que acham que sabem de tudo, respondonas, chatas e abelhudas. Minha prima de 5 anos é um exemplo disso. Ela não me dá espaço nem paz, tudo ela quer ver, fala umas baboseiras que pouco me interessam, acha que é melhor que todo mundo e quer que eu me envolva nas brincadeiras chatas dela. Eu me afasto dela o máximo que posso pra evitar esse incômodos, mas ela insiste em me seguir, pior de tudo é que meus tios ficam olhando torto pra mim por causa disso. Minha mãe fala que eu já fui criança também e isso me cansa... Todos foram, mas aposto que tinha gente que não gostava de mim por eu ser criança, o fato de eu já ter sido uma não é motivo pra eu mudar minha opinião e bancar de pessoa falsa! Não vou gostar de uma coisa só pra agradar os outros né? ... É isso. ��

      Excluir
    3. kkkkkk Eu entendo perfeitamente... Nossa, meu sobrinho também é meio atentado e eu não gosto muito. Por isso fico bem longe.
      Sei como é, meus parentes também não me curtem muito por causa disso. Bem, eu simplesmente não ligo, como você mesmo disse, não podemos gostar de algo só para agradar os outros. O jeito é ter muuuuuuuuuita paciência.

      Um grande abraço :*

      Excluir
  15. Olá, tudo bem? Que bom ler um texto como esse. Me identifiquei totalmente. Porém tenho sobrinhos crianças e eu os amo incondicionalmente, mas quando é criança dos outros quero distancia, soa ate egoismo, ou chatisse de minha parte. Só sei lidar com os meus sobrinhos, e tbm não sou tao próximo a eles, mas cheguei a essa conclusão, não tenho paciência alguma pra criança. Gosto delas, mas elas lá e eu cá! rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anônimo =D
      kkkkkkk isso é verdade, eu também sou assim... Elas lá e eu cá kkk
      Mas assim, a gente ter nossas próprias escolhas, é normal. Anormal são as pessoas quererem nos impor algo que a gente não gosta.
      Um grande abraço :*

      Excluir
  16. Vala passada que alguém pensa como eu kkkkk.. eu também não sou chegada.. Tipo. .lógico que não maltrato, essas coisas.. As pessoas mostram pra mim coisas de bebês, todas derretidas..e eu simplesmente olho e penso; aí que besteira..vai entender..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gilcy :D
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk carambaaaa, eu sempre penso isso... Tipo, a pessoa está naquela rodinha de mulheres, sabe? Daí vem uma mostrando foto de bebê ou coisa de bebe e ficam "ounww" "foto, cuti cuti" e eu "que besteira..." kkkkkkkk
      Vai entender mesmo né? Mas é a vida, infelizmente ou felizmente, a gente tem nossos gostos :P
      Um grande abraço :*

      Excluir
  17. Me deu até um certo alivio em ler isso, tenho 16 anos e desde que cheguei a idade de formar opiniões nunca suportei criança, realmente não gosto (tanto que nunca peguei uma no colo) , e achava que eu era a única a me sentir assim em relação á crianças, amei esse post e já virei sua fã ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heyy, MissMurder!
      Nossa, quando eu tinha a sua idade eu também ficava meio que com medo de dizer isso, por que todo mundo ficava naquela né "ahhh que bebe lindo, deixa eu segurar" e eu nunca fui assim. Nunca gostei de estar perto de crianças, nem quando eu era uma :S
      Mas não estamos sozinhas kkkkkk Muito obrigada e também por visitar o blog *-*
      Um grande abraço :*

      Excluir
  18. Isso não é incomum. Também não gosto de crianças e não quero parir. Sou quase trintona, então passou do tempo de eu mudar de opinião. Muitas colegas minhas, e muito mais pessoas, disseram que se pudessem voltar no tempo não teriam filhos. Sério, esse povo que diz isso é muito irresponsável. Filho é pra sempre, então deveriam pensar muito antes de fazer um. Pressão da sociedade não é desculpa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anônimo!
      Eu entendo como é, acho que serei como você (estou quase nos 30) e realmente, essa é a idade do juízo, a flor da idade, maturidade (dizem, dizem...) acho que se não mudamos até agora, né? Nunca mais mudaremos de ideia.
      É verdade, para se ter um filho, tem que gostar muito do ofício e ter muita paciência. Pressão da sociedade realmente não é desculpa. Ninguém paga suas contas e ninguém vai cuidar para você.
      Por que tem aquilo né, começou a namorar, daí vem "quando é o casório" e depois que casa "quando vem os netinhos?" isso me irrita muito. Já perguntaram uma vez quando eu iria ter meus filhos, eu respondi para nunca mais me perguntarem "se gosta tanto de criança, por que você mesmo não tem um? Eu não sou obrigada a engravidar, não. Vai cuidar para mim? Então sossega, fia, eu ainda tenho muito que fazer" ¬¬

      kkkkkkk Abraços :*

      Excluir
  19. Eu, quero conhecer uma garota que não queira filhos igual a mim, meu sonho. Eu quero viajar, conhecer o mundo, estudar bastante, fazer coisas incríveis e se eu tiver filhos vou ter que levar pra escola, vijiar as notas, comprar roupas, ir em reuniões de pais, levar em médico, ensinar as malicias da vida, se for homem vou ter que ensinar a ser correto com tudo, se for mulher vou ter que ensinar alem de ser correta, a se cuidar se previnir, de pessoas que nao fazem isso e estarei nadando, nadando e morrerei na praia. Então, filhos? Não, muito obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Isac xD
      Nossa, você filosofou bem, por que é isso mesmo e muito mais. Eu te desejo sorte, viu? Por que hoje em dia é dificil achar uma mulher que não queira filhos :S (quem sabe não encontra aqui no blo) hã? kkkkk zuando...
      Mas é isso mesmo, penso como você... Conhecer o mundo, novas culturas. Filhos, até atingirem um idade que dá para deixar sozinho ou levar junto sem fazer confusão, nós já estaremos velhos demais para o que a gente gostaria de ter feito. Então... Temos que pensar bastante antes de planejar uma vida assim.

      Um grande abraço :*

      Excluir
  20. Que bom que não sou a única. Não tenho a menor paciência, não acho graça. Aliás, criança malcriada, tô fora. Nem chego perto, senão bato mesmo. Detesto choro, porque elas não choram, elas berram. E bebês novinhos são sempre sujos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Senhora Freitas xD
      Vishhh... Entendo, trocar fraude, então, deve ser a "8 maravilha do mundo" mas elas irritam mesmo e dá vontade de bater... Mas infelizmente não são nossas para podermos fazer isso :(
      Haaaaaaja paciência...
      Um grande abraços :*

      Excluir
  21. O pior é quando certos vizinhos folgados pedem para os meus queridos pais ficarem com as crianças deles, ai eu tenho que ficar suportando gritos e berros na minha própria casa que é bem pequena e ainda mais, não posso reclamar que elas estão mexendo na minhas coisas. E quando eu falo que não gosto de crianças eles dizem que eu tenho um espírito maligno. E o pior disso é que quando eu era criança eles só me ignoravam e gritavam comigo ai agora fica de nhenheco com os filhos do outros. _l_

    ResponderExcluir
  22. eu nao gosto e nao sou uma monstra por isso! meu namorado tem uma filha e também nao sou a mae dela! longe de mim maltratar ou judiar de uma criança, muito pelo contrario, acho que criança é criança e tem que aproveitar a melhor fase da vida, mas deixa preu mostrar isso pra minha quando eu tiver...se eu tiver! mas me irrita papinhos de birra, "ai quero dormir com o papai" aff, arrepio só de ouvir essas manhinhas...enquanto isso fico na torcida pra que a cria cresça e sei lá, to desanimada com isso viu hahaha mas nao somos monstras ou monstros por ter essa opinião...é pq nao passam pela mesma situação que a gente ai fica fácil julgar...mas ó...paciencia viu!

    ResponderExcluir
  23. ter filhos e perde a vida, pronto falei! não pode mais nada tudo e para eles.

    ResponderExcluir
  24. Olá Polly, boa noite. Então, achei q eu fosse o único et que pensasse assim. Desde criança, sempre fui bicho do mato, inclusive com outras crianças (sim sou um bicho mt esquisito que so queria brincar em paz no meu canto)...até hj sou assim bicho do mato.Devo ter algum problema mas no fundo eu gosto de ser assim reservada e não incomodar ninguém. Tipo não sou mt de sair pra casa de pessoas que não tenho muita intimidade, conhecer pessoas novas, gosto do meu mundinho, minha casa, meus gatos e meu marido. E assim como não gosto de outras pessoas estranhas, também não suporto crianças alheias. Nunca gostei de criança, de birra, choros..pra se ter uma ideia, quando eu era criança eu tinha pavooooor e medo de uma boneca da minha tia que chorava...minha mãe até me botava medo com ela quando ia na casa dos meus falecidos avós e não a obedecia...kkkkk
    Sei lá, sou casada mas sinceramente não suporto a ideia de ter filhos, por tudo isso de eu não gostar, ser extremamente impaciente e por hoje em dia o mundo estar cada vez pior pra se criar um filho. Prefiro mil vezes meus três gatos sabe? São fofos, carinhosos, não fazem birra...só umas baguncinhas mas nada comparado a uma criança..sem falar q criança, na minha opinião, pode ser uma benção, fofo e tal, mas vejo q estraga muitos relacionamentos, inclusive de muitas pessoas que conheço. Porém meu marido ama crianças e eh aquela coisa, quer ter também...mas com o tempo ele ta se acostumando com a ideia, até pq ta cada vez mais difícil e caro cuidar de uma criança e educa-la pra ser uma boa pessoa. Enfim aquele dilema...hahaha...só um desabafo! Bjss

    ResponderExcluir
  25. Poxa que bom descobrir que não sou a única que não gosta de crianças! Na verdade detesto crianças!!! Não as maltrato porem não faço questão de terlas perto de mim, os acho super enjoados e insuportáveis, certas vezes fui criticada mais nunca mudei de opinião, sou assim e pronto, questão de gosto mesmo.

    ResponderExcluir
  26. Adorei o post. Penso EXATAMENTE assim. Ja tenho 35 anos e me irrita qdo alguem fala "vc ainda é nova, ja ja vai encontrar alguem e vai querer". E ao contrario, so comeco relacoes com pessoas que nao queiram filhos. E se no meio da historia a pessoa menciona a possibilidade de filhos, pulo fora na hora. Tenho verdadeira aversão à filhos, gravidez.

    ResponderExcluir
  27. Nao gosto de crianças elas sao insuportável me irritam e me tira do serio! Tenho dois sobrinhos um menino e uma menina, q deus me perdoe mais eles parecem o diabo credo sao um verdadeiros capetinhas,e p eles ser meus primeiros sobrinhos e ser tao atentados assim,nao gosto deles de jeito nenhum, acho q fiquei com raiva de crianca ou trauma pq depois desses pestinhas parei de gostar de criança, a ponto de ver eles e manda eles pra outro planeta!

    ResponderExcluir
  28. Também não gosto de crianças, estou dividida se quero ou não ter filhos, às vezes acho que vou saber criar meu "catarrento", não acho fofo vídeos de crianças, tenho 2 afilhados, uma inclusive acabou de passar a noite aqui aos berros, sem motivo algum, apenas pq criança parece ser o "ser" mais maquiavélico do mundo quando quer atormentar

    ResponderExcluir
  29. Nossa, muito bom aparecer pessoas com o mesmo pensamento que o meu kkkk, sempre falo, gosto das crianças do japão !!! enquanto eu estou dormindo elas estão acordadas e estão a kilometros de distãncia de mim kkkkkkkkk, eu th 46 anos, fui casada por 10 anos, nunca quis filho meu ex concordava, depois o idiota sentia falta de criança resolveu criar a afilhada de 7 anos, meu casamento já tava um lixo pois veio sogra e afilhada pra dentro de casa, não preciso falar mais nada que o casamento já era. Eu tenho mts sobrinhos mais gente !!!! é mt dificil assumir isso, somos sempre julgados e crucificados, eu falo que amo, mais longe de mim, até curto um pouquinho, mais a paciencia me falta, principalmente com crianças mal educadas e que se metem em conversa de adultos e os pais acham lindo aff..... prefiro cachorro sem dúvidas e sou mt mais feliz com eles.

    ResponderExcluir
  30. Também não tenho paciência nenhuma, me identifiquei com a maioria dos comentários. Se um dia for ter filho será adotado, com 10 anos no mínimo. Sou homem e espero encontrar alguém que tenha esse msm pensamento. Terei 2 gatos e um cachorro, crianças só em festas na casa dos outros, no máximo por 30min.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Penso exatamente o mesmo. Até fiquei surpresa com a parte "se um dia for ter filho será adotado, com 10 anos no mínimo" kkkkkkk eu seeeempre pensei isso.

      Excluir
  31. Noooossa, como é bom saber que não sou a única pessoa que não tem afinidade com crianças!!
    Hoje estava conversando por telefone com minha mãe quando soltei um "mãe, eu não vou pra tal lugar! Você sabe que eu não gosto de criança." Prooooonto, todo mundo parou e ficou me ohando, como se eu tivesse cometido um crime. Saí do local em que eu estava me sentindo um lixo porque me expressei mal. Quem ouviu deve ter pensado "mas o que? Como assim ela não gosta de crianças?", ou "já vi que essa daí não presta!".. Bom, a verdade é que eu gosto sim, mas não tenho paciência pra cuidar, não sei brincar ou interagir com elas. Quando eu disse que não teria filhos, minha família e amigos foram totalmente cotra. Acho que criança é de Deus sim! São lindas, espertas, inteligentes, mas ser mãe é pra quem gosta e sonha com isso.
    Gostaria muito de poder me desculpar com as pessoas que escutaram eu falando isso em voz alta, pois as mesmas tem filhos pequenos e os respeito muito, mas também gostaria que respeitassem meu jeito e meu pensamento.
    Me expressei mal, mas o leite já foi derramado. Queridos colegas, cuidado ao falarem "NÃO GOSTO DE CRIANÇA". Não gostar é diferente de não ter afinidade.
    Bom, obrigada por dividirem um pouquinho do pensamento de cada um e por me fazer sentir melhor. Já estava me sentindo um monstro!
    Um grande abraço a todos! ;*

    ResponderExcluir
  32. Vale mais a pena ter um cachorro do que ter um filho.. kkkk 😂😂

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem cachorro nem criança. Aff. Ninguém merece.

      Excluir
  33. Joguei a frase no Google "não gosto de criança" pra ver se eu sou a única ET no mundo kkkkk. Ufaaa não sou. Eu nunca tive paciência. Mas descobri que não gosto de criança de verdade depois que tive filhos. E eu tenho dooooois. Uma multidão dessas criaturinhas insuportáveis na minha casa. Eu tive o Primeiro filho, o segundo veio no susto, hj eles tem 5 e 7 anos, pensa no sufoco que passo!!!! Apesar de não ter paciência eu respiro e guardo toda paciência para os meus filhos. E os amo infinitamente!!!! Faço tudo por eles. Mas o simples fato de serem crianças me irrita. A voz, as perguntas, e inquietude, e bagunça os mi Mi mi a dependência...Estou passando por uma fase muito difícil. Conto até dois mil, para conseguir ser uma Boa mãe. Mas de verdade, meu consolo é saber que tudo passa e isso vai passar. Logo sera o adultos, independentes, pensantes.

    ResponderExcluir
  34. eu também detesto criança e sou contra maltrata-las, logico. nao tenho paciência alguma

    ResponderExcluir
  35. Esse sou eu, descrito acima.
    Não gosto de criança, nao tenho paciência.
    Tenho 31 anos e me sinto otimo sem filhos, sou misoônico e n suporto choro ou mi mi mi de criança, n mal trato, jamais. Todavia, pouca mistura.
    vlw polly, vc me representa. Rsrs
    Att
    Nuno West

    ResponderExcluir
  36. Obrigada pelo post! Eu já não sou tão radical, quero ter filhos e gosto de crianças educadas como já houve umas que me conquistaram, mas não gosto de birra, mimimi e aquela pirraça quando não consegue algo! Infelizmente isso está interferindo sério no meu relacionamento, já que meu namorado ama crianças... mas os afilhados dele são crianças CHATAS!

    ResponderExcluir
  37. Nossa também pensei ser a única que não gostava de criancas ufaa e muito bom saber que não estou só kkk...Mas confesso que quando mais longe quero elas de mim mas por perto elas estão..sou muito criticada por nao querer ter filhos mas enfim agora estou me sentindo melhor em saber que existe muitas pessoas como eu .

    ResponderExcluir
  38. Apesar de ter dois filhos adultos e dois netos, crianças me apavoram e mantenho distância. Gosto de criança de colo, passou dessa fase não tolero. As crianças de hoje não tem limites, pais, não se preocupam em dar uma boa educação para comportar-se em ambientes fora de suas casas.Evito ficar perto de crianças, se estou em um restaurante procuro um lugar bem distantes delas. Meus netos são comportados mas, quando começam a mimi e a teimar , pego a minha bolsa e sumo. Adoro crianças dormindo e longe de mim.

    Alice

    ResponderExcluir
  39. Olá, boa noite! O que eu procurei este assunto na Internet... Nem queria acreditar quando li o seu post. Tenho 39 anos, sou casada e sou professora de crianças entre os 5 e os 10 anos. Adoro o que faço, mas não quero filhos nem tenho paciência para crianças de colo. Fui tia há pouco tempo e tenho sido um suplício, porque os meus pais acham que eu devo fazer de conta que gosto para não fazer má figura... Desde que me lembro de ter consciência que não queria ter filhos e sei que choco as pessoas quando digo que não quero. Então perguntam:"mas não pode? Tem problemas de saúde?". Não quero! E não me inibo de marcar a minha posição. A nossa sociedade é mesmo assim:instituiu regrinhas que muitas pessoas seguem sem muitas vezes querer, só porque toda a gente faz... E muitas vezes não têm sensibilidade para tal... Quantas pessoas têm filhos e os maltratam? Bem... Eu tento fazer entender que se eu respeito quem tem filhos e gostam de crianças de colo, exijo que me respeitem por não querer ter e por não querer estar perto de crianças de colo. É tudo uma questão de nos aceitarmos e não querermos moldar o outro às nossas vontades e expetativas. Você pode achar estranho eu ser professora e ter esta posição, mas é algo que não sei explicar: não tenho paciência para crianças de colo, nem para crianças na pré-adolescencia e na adolescência... Obrigada pela oportunidade de me expressar! Tudo de bom para 2017!

    ResponderExcluir
  40. Eu não gosto de bebês, sinto nojo deles, roubam todas as atenções, São nojentos, ainda mais quando usam chupeta, odeio acho muito nojento.

    ResponderExcluir
  41. Joguei "não gosto de criança" no Google pra encontrar pessoas que pensem o mesmo porque fui crucificada hoje pela minha família. Eu tenho uma priminha, vai fazer 2 anos, ela me ama, vive me gritando, que eu dou o mínimo de atenção e já mudo o foco. Meus tios, pais dela, ficam achando ruim comigo, como se fosse minha obrigação gostar dela pelo fato dela gostar de mim. Ela é inteligente, esperta, mas isso não me apetece, eu não tenho paciência, não sei lidar, não me interesso pelas brincadeiras, não fico boba com as coisas que ela faz (todo mundo fica). Lembro bem quando meu irmão nasceu, eu odiava ter que empurrar ele no carrinho, ter que dar mamadeira, trocar fralda. Todo mundo morria de amores por ele e eu lá nem aí (e não é coisa de ciúmes porque eu já era veinha quando ele nasceu e já tinha outro irmão quase da mesma idade que eu). Enfim, não gosto de criança e não quero ser mãe. Espero que eu encontre um homem que pense o mesmo e que goste de bichos porque eu amo demais os animais. (Inclusive já sou mãe do Zeus, um gatão de quase 1 ano hihi <3)

    ResponderExcluir
  42. Estou na mesma, não gosto praticamente pelos mesmos motivos que o seu, o pior é que as pessoas pensam que sou algum monstro só por não gostar e nem querer ter nenhum filho.

    ResponderExcluir
  43. Muito bom o texto me identifico em tudo tb ñ gosto de crianças e nem de bebês acho insuportável o choro deles além do que hoje em dia os pais educam muito mal seus filhos, as crianças são cheias de vontades e extra mente birrentas afff tenho 35 anos nunca quis é não serei mãe kkkkkk Deus me livre ter um bebê kkkkkkk ñ é pelo gasto é pq ñ gosto mesmo

    ResponderExcluir
  44. Não vou mentir mas eu não simpatizo muito com crianças nem nunca simpatizei até hoje.Mas apesar disso gostava de ter filhos o que pode ser contraditório mas se tiver filhos eles não serão crianças para sempre né? Eles vão deixar de ser crianças e serão adultos como toda a gente.

    ResponderExcluir
  45. Olá Polyanna. Antes de tudo gostaria de parabenizar o seu texto, está muito claro. E concordo totalmente com você. Não pretendo ter filhos e gosto da minha liberdade. Confesso que também não gosto de animais, mas isso são outros cinquenta. Assim como a grande maioria já disse acima, sofremos uma pressão para construirmos família e termos filhos. Já ouvi o famoso "Crescei e multiplicai-vos" como desculpa para ter filhos e se casar, duas coisas das quais não pretendo fazer, e aí sou chamado de radical. Acredito que a saída em muitos casos é dizer que está pensando e que talvez mais para frente verá isso. Esse cenário, no entanto, é o reflexo de a cultura ainda moldada pelos entraves não só sociais como também religiosos.

    ResponderExcluir
  46. E quero também deixar claro que apesar de não gostar de crianças e animais, sou totalmente contra qualquer forma de violência contra eles. Nós precisamos aprender a respeitar e conviver com as diferenças, são elas que nos completam.

    ResponderExcluir
  47. Também detesto crianças. Sou casada há 4anos e não quero ter filhos. Mas sempre tem as cobranças da parte das famílias o que é mais chato. Mas não vou mudar de idéia. Não vou perder meu tempo cuidando de outra pessoa como muitas mães fazem e acabam esquecendo de si .podem me chamar de egoísta se quiserem mas vcs tem que concordar que filhos atrapalham bastante a carreira da mulher.

    ResponderExcluir
  48. Também não gosto de crianças. Mas tenho uma idéia diferente, pra mim as pessoas gostam das crianças da sua família, filho dos outros ninguém gosta.Mas tem que ter conivência com a criança pra ter um bom relacionamento. Eu tenho uma sobrinha que mora longe de mim e por isso tenho muitos problemas com elas
    , parece uma criança que não é da minha família, já cheguei a ouvir do meu cunhado que não gosto dela. A convivência é tudo nesse caso...

    ResponderExcluir
  49. Não sou muito fã de criança mas parece que eu tenho uma "sorte"! Tenho uma prima devassa que já tinha filha que não cuidava bem. E em uma de suas patifarias teve maiss uma. meus pais são superprotetores, consequentemente vivo presa. então em 2015 meus pais vendo os maus cuidados que a filha dessa minha prima que estava com 6 meses sofria, resolveu pegar durante um tempo até minha prima "juntar os cacos". Mas desde esse tempo, até hoje eles jogam a responsabilidade dessa criança toda pra mim! E o combinado era pra minha prima se estabilizar pra pegar de volta a filha dela. Mas ela é uma sem vergonha! E está grávida de novo, cada filho de um pai(nada contra). Eu tenho 15 anos, ano que vem pretendo fazer curso, mas meus pais não querem deixar por conta dessa criança, perguntando quem vai cuidar dela. Eu já nao vivia, perdi grande parte da minha vida e o tempo que eu tinha pra aproveitar mesmo, estando em casa, eu tenho que pegar responsabilidade de uma meretriz, cretina, oportunista! E eu não quero, e não posso sacrificar meus planos de vida profissional pra cuidar de crianças que são fruto de irresponsabilidade de outros! Não aguento mais essa casa, esses pais, essa criança! Sem contar que meus pais mimam muito essa criança, logo, ela é um nojo. As vezes preciso sair com ela e não me respeita e faz pirraça sem motivo, e eu nao posso brigar com ela pois meu pais não deixam. Teve uma vez que ela me bateu e eu briguei com ela, meus pais fizeram um escândalo, que quase apanhei! As vezes quando cuido dela e ela faz pirraça, eu que começo a chorar pois estou farta disso. Peço força a Deus todo dia!

    ResponderExcluir
  50. Texto maravilhoso.
    Tbm n suporto criança.Quero elas longe d mim. Se eu tivesse coragem afogava todas em um balde kkkk.
    Mas tbm n as maltrato.

    ResponderExcluir
  51. Já eu no meu caso, Eu tenho 30 anos e sou de Sorocaba-SP! Eu também não sou muito chegado e não tenho e nunca tive paciência com criancinhas pequenininhas (de até no máximo 6, 7 anos), Crianças só mesmo as da minha geração! Mas antes que me julguem, eu também sou contra qualquer mal-trato ás crianças! Crianças, se os Pais souberem educar e não mimá-las tanto, elas terão tudo para serem educadas e cidadãos de bem no futuro! Nos dias de hoje está tão difícil criar filhos, aliás criar filhos não é e nunca foi uma tarefa fácil, mas nos dias de hoje está praticamente ultrapassado criar Filhos! Eu tenho um sobrinho de 4 anos (filho da minha irmã e do meu cunhado) e achei tão infeliz um comentário de uma prima maranhense que há um certo tempo mora em São Bernardo do Campo-SP fez quando veio aqui em casa dizendo "Tem que aumentar a Família", como se criar Filhos fosse fácil. Mas contando a minha situação, o meu sobrinho de 4 anos, ele tem um distúrbio (é uma longa história) que atrasou no desenvolvimento da dicção dele, ele tem 4 anos mas parece que tem 2! Desde quando a minha irmã e meu cunhado (os Pais dele) passaram á morar de vez aqui em casa (outra longa história), desde uma semana depois que ele se mudaram pra cá, aliás desde o último fim de semana de Abril, esse meu sobrinho de 4 anos não chega á ser travesso, mas ele agora já está na idade da criança testar a paciência dos adultos e no meu caso ás vezes ele fica repetindo o meu nome (já que ele ainda não sabe falar direito), em tom de traquinagem, ele não me chama de Tio, ele me chama pelo nome, tem hora que ele fica repetindo "Denis, Denis, Denis" em tom de traquinagem (o nome desse meu sobrinho de 4 anos é Daniel), tem hora que eu até acho engraçadinho, e até brinco um pouquinho com ele, mas também tem hora que eu estou ocupado com alguma coisa ou exausto e não estou muito afim de brincadeiras e não quero maltratá-lo, mas quando eu saio de perto dele quando ele me faz essa traquinagem a minha Mãe me dá uma bronquinha dizendo "Não fique bravo com o Daniel, ele é apenas uma Criança", sim, ele é Criança, não sabe nada sobre a Vida e nem falar direito, mas também tem que dar certos limites pra criança e ensinar á respeitá-las os adultos! Chegam a mimar até por demais esse meu sobrinho, espero que esse jogo vire pq senão quando crescer como que fica? Embora eu já tenha 30 anos, a minha Mãe até hoje meio que me persegue, me fiscaliza por qualquer coisinha, e toda a reação negativa minha pra ela, é ignorância, grosseria, estupidez e falta de educação, a minha Mãe é radical comigo, a minha Mãe quando enfia uma coisa na cabeça é aquilo e pronto, geralmente muitos avós acabam deseducando os netos, Sábado de manhã (27/05), a minha Mãe voltou a me dar uma bronquinha por eu ter saído de perto do meu sobrinho por causa dessa traquinagem dele, se eu não gosto de tal brincadeirinha ou não gosto ou não tenho paciência com crianças eu devia ser pelo o menos respeitado, mas não, infelizmente aqui nessa Família eu tenho que aceitar tudo passivamente e não dizer não pra nada! É meio complicado pra mim! Mas espero que esse jogo vire no futuro e que esse meu sobrinho de 4 anos cresça saudável e amadureça e que futuramente deixem o de mimar de mais, ele pode ser a úncia Criança dessa Família, mas também ele não será Criança Vida inteira! Assim como todos nós um dia iremos morrer, toda a criança um dia vai crescer! Ta aí o meu desabafo e perdoem a Bíblia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O seu caso é bem complicado! Mas parece que quando a gente não é muito chegado a crianças, vem um enxame! Tomara sim que seu sobrinho cresça bem. Mas faz parte da fase da criança mesmo, temos que ter paciência.
      No meu caso eu as vezes me esqueço como essa criança veio parar aqui. Porque quando você mesmo arca com suas responsabilidades, consequências já é ossada. Agora arcar com as responsabilidades dos outros é f***!

      Excluir
  52. Nao tenho saco também para isso e principalmente com os pais que não impõe limites, me colocam a observar os egos extravasados invadindo meu espaço, ai fico a pensar que deveria existir um curso para saber criar crianças para todos os pais que estão adentrando esse mundo. É cansativo e desanimador, e qualquer argumento que tenhamos contra volta para nós porque é criança e não entende, geralmente vem de um pai ou uma mãe folgado que é egocentrico e quer perpetuar isso em seu filho.
    E aqueles que controlam os pais com choro e pirraça e desde cedo os pais fazem tudo para evitar de ouvir o "berreiro". Isso me enerva!!!

    ResponderExcluir
  53. No caso do meu sobrinho de 4 anos que eu havia comentado na minha mensagem anterior, teve dias piores, mas agora não é todo o dia e nem toda a hora que ele tenta me encher a paciência, tem dias que ele faz isso e outros não, ele já ficou dias e dias sem tentar testar a minha paciência, é mais quando eu mexo no computador! Eu já conheci Crianças bem piores do que ele.

    ResponderExcluir
  54. Medo identifiquei muito com O texto.
    Não gosto de crianças!

    ResponderExcluir
  55. Meu caso é tenso
    tenho um filho de 10 anos
    Pq engravidei aos 16 acidentalmente
    me não penso em ter outro filho nunca mais tenho trauma.
    eu não gosto de criança muito tempo perto dr de mim

    ResponderExcluir
  56. Nossa me sinto aliviada depois de tantos casos, achei que era alienígena por não suporta crianças! Engravidei aos 16 por um descuido, sofri o pão que o diabo amassou. Minha filha hoje tem 16 anos, amo de paixão, mas não quero ter outro filho jamais. Não suporto ficar perto de uma criança, se estou em local público e vem uma criança e senta perto de mim, eu já me levanto e saio.
    Tenho sobrinhos mas evito de ir na casa só para não ouvir aquele barulho todo.
    Quando eu dizia que não queria mais ter filhos, os outros dizia vc ainda é nova vai mudar. Bem... Já passei dos 30 e continuo com o mesmo pensamento. Mas tenho filhos peludos de 4 patas que são minhas paixões.

    ResponderExcluir
  57. Eu detesto criança, não tenho a menor paciência, e meus primos lotaram a familia com filhos... Tenho 33 anos e desde que me casei, quando faço aniversario, evito chamar as pessoas que tem filhos, pois minha casa tem várias decorações e eu tenho medo que as crianças mexam em tudo, pois os pais são do tipo que não falam nada. Porém minha mae vem me cobrando para que eu os convide no meu próximo aniversário. Não sei o que fazer. Me ajudem...como posso deixar claro que não quero crianças correndo no meu quintal, gritando na minha sala nem mexendo nas minhas coisas? rsrs Socorro! Tem alguma maneira educada de pedir aos familiares que controlem suas crias sem ofendê-los?

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Então comenta... :D
Agradeço...
beijos galáxicos!