segunda-feira, 19 de junho de 2017

Privacidade

Talvez eu seja uma pessoa muito enjoada. Alguém difícil de lidar. Mas algo que eu prezo muito é a privacidade. Quer me irritar? Tente invadir minha privacidade.
Sei que nossos pais querem sempre o nosso bem, mas as vezes tomar decisões que mexerá com toda a família, requer pensar e pensar delicadamente o assunto. Isso não funciona aqui em casa e no final quem paga o pato sou eu.
Conviver com alguém que está a todo momento te observando, tentando ouvir suas conversas e analisando tudo o que você faz em seu cotidiano, não é saudável. É algo extremamente tenebroso. Parece até que a gente está com um encosto.
Viver a todo momento tendo que prestar atenção nas coisas é ruim. Eu quero viver em paz. Reclamar de algo está fora de cogitação. Quem gosta de viver assim? Ninguém precisa "deixar para lá" passar a mão na cabeça por conveniência. Comigo tudo é mais duro. Comigo sempre é tudo mais complicado. Ninguém passa a mão na minha cabeça, ninguém está nem aí, na verdade. Eu sou a única que vejo que as coisas não estão bem, que tudo está errado e mesmo assim, continuam me metralhando. No final, quem precisa de um médico, sou eu. Eu sou a doida.
Chega um momento que você fica cansada das coisas que acontecem, por que você não pode mudar, tudo que recebe é "Não". A gente fica desmotivado. Tenta aparentar que está tudo bem para não preocupar ou evitar perguntas dos amigos. Tenta seguir em frente, as vezes não dá. Ficar sozinho não dá muito certo, por que as pessoas percebem. Então eu tento levar como posso, tento esconder e fingir que está tudo bem como eu posso. Mas na realidade, nada está bem e eu não posso fazer nada.
Será que é tão difícil assim as pessoas respeitarem sua privacidade? Cada um seguir a sua vida e respeitar a vida dos outros?



Se gostou da postagem comente aqui embaixo se você vive algo parecido ou se já teve algum momento em sua vida que alguém lhe faltou com privacidade! Não esquece de curtir a página do mundo ali ao lado ----> Beijos galaxicos!

Coisas que perturbam no whatsapp



Quem nunca se irritou com alguma coisa relacionada ao whatsapp que atire a primeira pedra! O aplicativo tem muitas vantagens, mas também traz muito estresse. É uma pena que ele não tem a opção de offline. Daí você fica limitado para usar outras coisas, já que tem que desligar o wifi. Vou listar algumas coisas que me irritam bastante nele e que talvez deve te irritar também.

1 - Várias mensagens

Se tem uma coisa que me irrita profundamente, é quando a pessoa envia várias mensagens ao mesmo tempo e o celular fica toda hora fazendo barulho e vibrando. Custa mandar em uma única mensagem? A pessoa não tem noção e as vezes envia umas 10 mensagens ao mesmo tempo. Isso me perturba, até por que me dá muita preguiça de abrir a mensagem e responder, por que eu já sei que vem um testamento para eu ler. Pessoas, não façam isso se você não tem intimidade comigo.

2 - Vários áudios

Não usar as mãos virou rotina para alguns contatos. Tem gente que manda vários áudios e na maioria das vezes, não dá para escutar. Se a pessoa perguntar primeiro se pode mandar, tudo bem. Mas ir mandando, não dá certo. Eu pelo menos tenho um sério problema de privacidade aqui em casa e quanto menos eu falar, melhor para mim. Tem a função de passar a mensagem para uma ligação, mas convenhamos, fazer isso para cada áudio é um saco.

3 - Correntes

Sem comentários. Não mande isso que eu não vou repassar.

4 - Mensagens de bom, boa tarde, boa noite.

Uma vez ou outra, tudo bem. Todo dia não. Eu sei que muitas pessoas gostam de mandar mensagens assim para pessoas que gostam. Mas toda hora e todo dia, NÃO.

5 - Vídeos de acidentes ou maus tratos de animais ou idosos ou crianças.

Se quiser que eu te bloqueie, não me mande isso. Odeio vídeo assim. Não sei por que as pessoas fazem esse tipo de vídeo, acho que é para aparecer, só pode. Eu não tenho sangue frio para ver coisas assim.

6 - Mensagens em horários inapropriados.

Não seja chato, não mande mensagem de manhã cedo (Nem todo mundo acorda com as galinhas como você). Não mande mensagem na hora do almoço. Se você almoça cedo, beleza, mas a maioria das pessoas comem entre 12 horas e 14 horas da tarde. Incomoda muito. Não mande mensagem tarde da noite. Tem gente que precisa deixar o celular ligado (tipo eu) para eventuais emergências. Se não for urgente, então não mande.

7 - Grupos e mais grupos

Eu tenho problema com grupos de faculdade. Eu detesto. Sempre tem gente que fala besteira ou é aquele ser do submundo que você não curte. Tem que aturar até o semestre acabar e adiós grupo.


Infelizmente eles ainda não fizeram o whatsapp como o msn, eu realmente preferia o msn. Era mais privativo. Se você se identificou com essa lista, deixe seu comentário e diga se já aconteceu algo assim com você. Não esquece de curtir a página do mundo ali ao lado -------------> Beijos galaxicos!

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Dorama: Absolute boyfriend (Namorado perfeito)

Fazia um tempo que não postava sobre dorama e recentemente terminei de ver este. Diferente de todos que eu já vi até agora, posso dizer que nunca um drama me fez chorar no final. Então contarei um pouco sobre ele, se você não viu, mas não se importa com spoilers, então continue a leitura.


Título:  绝对达令 - Absolute boyfriend
Ano: 2012
Tipo: T - Drama
Diretor: Liu jun Jie
Episódios: 13

Minha resenha

Apesar do dorama ser Taiwanês, a atriz Ku Hye - sun é coreana, a nossa querida Jan di de Boys over flowers. Eu notei que a fala dela estava um pouco atrasada, como se alguém a estivesse dublando. Não sei se a atriz fala o idioma nativo de Taiwan ou se ela realmente foi dublada, mas acredito que ela foi dublada por outra pessoa, dá para perceber, só que não é algo que atrapalhe o entendimento da história. Na minha opinião o jeitinho dela não mudou, mas em Absolute ela deu um ar mais inocente e desastrado. Já em Boys over flowers ela tinha um ar mais irritado e mandão.


O que me surpreendeu muito foi o Jiro Wang, o Yuan Feng de It started with a kiss (a versão taiwanesa de itazura na kiss). Ele está muito diferente neste dorama, apesar dos personagens serem parecidos no quesito apaixonado e estar sempre ao lado da pessoa que gosta, a diferença é que ele não era nada bonito ou tentava ser sexy para a mocinha. Já no Absolute boyfriend, ele está totalmente diferente no físico. O cara ficou "perfeito" para fazer o dorama.

Jiro wang em Absolute boyfriend


Jiro wang em It started with a kiss

Logo no primeiro episódio vemos a Xiao Fei criança chorando em um banco em frente a uma igreja, por que tinha sido rejeitada por um colega que ela gostava. Então aparece um rapaz misterioso e pergunta por que ela está chorando e explica que um dia ela irá achar alguém da qual irá gostar muito e faz uma brincadeira com as mãos para ela entender por que o anel de casamento é colocado no dedo anelar.
Esse rapaz na verdade é o filho do dono da "Cronus Heaven" (uma empresa de alta tecnologia que fabrica robôs para serem namorados virtuais). Depois que teve esse encontro ao acaso com Xiao Fei, ele sofre um acidente e acaba falecendo de forma abrupta. O pai transtornado pela perda precoce, começa a estudar e elaborar um android a imagem e semelhança do filho e o chama de Night 01 (o protótipo).
Os anos se passam e Xiao Fei é rejeitada novamente, vira alvo de piada do melhor amigo e vizinho Zong Shi e para fugir dele, sai do trabalho e vai dar uma volta no parque. Acidentalmente encontra um celular no chão e decide devolvê-lo. O celular pertence a Lei Wu Wu, um vendedor da Cronus Heaven que se veste de forma estranha e é confundido várias vezes com um cosplay, o que faz com que ninguém o leve a sério. Ele diz que o celular é um aparelho muito importante para ele e que quer dar uma recompensa a moça, ele pergunta o que ela mais quer, que ele vai dar um jeito de beneficiá-la. A princípio Xiao Fei fica desconfiada dele, mas como ela já estava desacreditada de tudo, fala de brincadeira que queria uma namorado. Lei Wu Wu fica animado e dá um cartão a ela, diz para entrar no site e criar um namorado perfeito, que a empresa deles trabalha com isso. 
Chegando em casa, ela reluta um pouco, mas entra no site e cria o namorado perfeito para versão de teste por 2 dias. No dia seguinte, a empresa leva para ela uma cápsula enorme, ela abre e se depara com o android nu e o rosto dele parece familiar. Ela lê o manual de instruções e liga o robô, após ligado, ele começa a fazer o mapeamento do rosto dela e tenta fazer sexo, que no dorama eles dizem "fazer aquilo" kkkkkk... Mas ela impede e diz que é cedo ainda. Até por que ele foi feito para essa finalidade e ela não sabia kkkkkkkk.
Zong Shi descobre que Xiao Fei agora tem um namorado, mas não sabe que ele é um robô e com isso deixa transparecer seus sentimentos, seu amor platônico, o que torna a história engraçada, por que começa um triângulo amoroso. Lei Wu Wu diz que ninguém pode saber que Night é um robô. Então Xiao Fei dá um nome a ele, o chama de Nai Te. Apesar de parecer com um humano, Nai Te chama muito atenção por fazer coisas bizarras (como pular alto, ser super forte e rápido e falar coisas programadas) além de ser extremamente bonito. Depois de dois dias, Xiao Fei se esquece de devolver o Nai te e o Lei Wu Wu vai na casa dela cobrar. O valor é absurdo e não tem como ela comprar. Então vendedor faz um acordo com ela, para que a mesma ajude o robô a coletar todas as informações possíveis para poder aperfeiçoar a programação. E com isso os dois passam a ficar mais juntos, inclusive ele vai trabalhar na mesma empresa que ela.


Nai Te possui um anel que muda de cor conforme os sentimentos de Xiao Fei e é por ele que o android se baseia e reage aos estímulos. Aos poucos, ela começa a desenvolver sentimentos verdadeiros por ele, mas ela sempre fica em cima do muro por que lembra a cada momento que ele não é uma pessoa de verdade e conforme o tempo vai passando, Zong Shi descobre que ele é um robô e fica a todo momento dizendo a melhor amiga que essa relação não vai dar certo. Pois um dia ela envelhecerá e ele ficará jovem sempre e sem contar que não poderá construir uma família completa.

Xiao Fei imaginando como seria sua velhice
Muitas confusões acontecem e o triângulo amoroso e a dúvida se assume ou não o amor pelo rôbo é o tema central do dorama. A história é diferente para um dorama, bem científico. Ele lembra muito o filme "O homem bicentenário" que nos mostra a relação humano x robô. A diferença é que o personagem de Robin Williams era um rôbo mordomo e no final foi considerado humano. No dorama não, o Nai Te é um robô sexual que acaba desenvolvendo autoconsciência e se parecendo muito com um humano, o que não era esperado por ninguém.
Essa autoconsciência que ele desenvolveu deixou as configurações padrões dele totalmente doidas, o que gerou um curto circuito dentro dele. É claro que a empresa poderia consertá-lo, mas para isso, eles precisariam formatá-lo, tipo um computador e apagar tudo que ele armazenou dentro de si, as memórias com a Xiao Fei. O Nai Te não queria isso, então ele preferiu "Morrer" ao invés de ser formato e vendido para outra pessoa. Esse curto circuito começou a consumir muita energia e uma hora ele ia acabar se desligando sozinho e assim aconteceu, no final ele se despede de Xiao Fei e acaba se desligando. É claro que ela fica desolada e a gente que está assistindo também, eu realmente não esperava que isso fosse acontecer, fiquei muito triste, quando ela finalmente decidiu amá-lo como ele realmente era, ele simplesmente se vai. No final ela se lembra do rapaz do início, Lei Wu Wu conta a ela que ele era filho do dono da empresa.













Apesar da história ser bonita, ela é triste, a gente fica pensando como seria, afinal, ele é um robô, será que iria dar certo? E se isso acontecesse na vida real? Hoje já existem bonecas e bonecos bem parecidos com humanos para fins sexuais, muita gente compra e se sentem satisfeitos mesmo sozinhos. Será que se esses bonecos fossem androids a relação como a conhecemos hoje, iria sumir?
Eu gostei muito desse dorama, demorei um pouco a postar por que estava em época de prova, mas espero que gostem da resenha e aconselho muito a ver. Não vou contar como é o final, isso eu deixo com vocês, mas preparem os lencinhos por que é triste.


Este dorama é a versão Taiwanesa de uma mangá japonês chamado de Zettai Kareshi. Tem a versão japonesa também de mesmo nome, eu não cheguei a ver o drama inteiro, mas vi algumas partes e li também sobre ele. Posso dizer que ele é diferente, apesar da história ser a mesma. No japonês tem alguns detalhes a mais, talvez por que seja bem parecido com o mangá. Mas eu gosto mais da versão Taiwanesa, simples, alguns detalhes, mas objetiva.

Tema de abertura


Tema de encerramento



Gostou da postagem? Então comenta aqui embaixo o que achou desse dorama e se você já viu, qual foi a parte que mais gostou? Não esqueça de curtir a página do mundo ali ao lado ---------> e se inscrever no canal!
Beijos galaxicos :*