segunda-feira, 11 de junho de 2018

Magrelice: Lanche da tarde sem glúten e lactose

Olá, queridos caotinhos, desde que eu descobri minhas intolerâncias, todo dia é dia de aprendizado e testar receitas novas. Até por que, como tudo de gostosura leva trigo e leite, fica difícil encontrar algo fácil, prático e gostoso para se comer, principalmente nos lanches (da manhã, da tarde e da noite) que foi onde eu mais encontrei dificuldade, mas nem tudo está perdido, nem só de pão, o homem vive e existe muitas variedades que podemos comer e inventar Como eu estou na dieta para engordar, minhas receitas não serão light, porém eu posso dar umas dicas para que você, leitor (a), se aproveite da receita sem culpa. Afinal, nós, intolerantes também somos filhos de Deus.

Quem lembra do bolinho de trigo que preenchia as tardes ensolaradas em nossa infância? Nossa, como eu adorava isso e senti tanta falta dessa iguaria, que resolvi procurar uma receita de bolinho de milho. Pesquisei e achei este vídeo:


Como a moça do vídeo usa trigo e leite, então resolvi adaptar a receita dela e criar a minha versão sem glúten e sem lactose. Segue abaixo:

Bolinho de milho sem glúten e lactose

Ingredientes:

  • 1 lata de milho verde 
  • 3 colheres (sopa) de farinha de arroz 
  • 4 colheres (sopa) rasas de açúcar (Eu não gosto de muito doce e essa quantidade fica no ponto, mas se você está de dieta ou não gosta de muito doce, pode pôr 3 colheres de açúcar ou substituir  por mel ou adoçante ou outro açúcar que não seja o comum.)
  • 5 colheres (sopa) cheias de leite de côco
  • 1 ovo
  • 1 colher (sopa) de azeite de oliva (Como eu já ia untar a frigideira com manteiga, eu substitui pelo azeite, diferente da receita original).
  • 1 colher (chá) de fermento químico em pó
  • Manteiga para untar (nesse caso usei a manteiga sem lactose, mas você pode untar com óleo de coco, azeite de oliva...)


Modo de fazer:

1- Escorra o milho verde e lave-o.
2- O cheiro do ovo não fica evidente na receita, mas se você quiser tirar o futum, pegue um pote, quebre o ovo e tire a pelinha dele para não ficar com cheiro.
3- No liquidificador coloque: O ovo, o azeite, o fermento, o açúcar, o milho verde, a farinha de arroz e o leite de côco e bata por 2 minutos ou até o milho está bem triturado.
4- A consistência fica igual um mingauzinho grosso, nem muito mole e nem muito dura.
5- Pegue um pouco de manteiga (só para untar mesmo) e derreta na frigideira, coloque uma porção de massa (igual como se faz bolinho de trigo) e em fogo baixo, tampe até dourar. Com uma escumadeira ou se você for um mestre dos bolinhos e se arrisca em virar jogando para cima, vire o bolinho para dourar no outro lado. Não demora para fazer, então tem que ficar de olho para não queimar, tudo bem? Conforme vai tirando os que estão pronto, vá colocando mais porções de massa até que tudo esteja pronto. 
6- Eu fiz em uma frigideira média, deu mais ou menos 4 discos e 1 filhote.
7- Por último, coma e seja feliz =0)





Eu achei que não fosse dar certo devido as alterações que eu fiz e sem contar que apesar de cozinhar comida muito bem, eu tenho uma certa dificuldade em cozinhar bolos, bolinhos, doces em geral. Só que eu fiz essa receita e deu muito certo, fiquei tão feliz, que vim correndo compartilhar com vocês. Fica uma delícia e muito fofinho. Eu deixei queimar as beiradinhas de propósito e lembra muito o tradicional bolinho de trigo. O gosto nem muda tanto. Se forem fazer, deixem torrar também, é muito bom.
Se você gosta de milho, vai adorar esse bolinho. Salvou meu lanche de hoje e já é mais uma receita que eu aprovei e não tem erro.


Gostou da postagem? Então comente aqui alguma receita que você conheça o use você fez essa receita e deu certo? 
Não esquece de curtir a página do mundo ali ao lado -------------->
Se inscrever no canal!
E de receber os beijos galaxicos! :*


segunda-feira, 4 de junho de 2018

Coisas que me irritam nessa vida

Depois de ter descoberto os problemas que me afetavam, outras coisas na minha vida também começaram a ganhar "voz" em minha mente.
Já vai fazer 1 mês que estou em tratamento e tenho melhorado aos poucos. Bem, isso leva tempo. Meses... Anos. Eu tinha pressa, agora não tenho mais por que sei que meu corpo tem seu próprio relógio de evolução. Se fosse igual para todo mundo, ah, se fosse igual, teríamos curas para muitas doenças.
O problema é que as pessoas ao nosso redor não querem saber disso. Elas acham que os olhares de canto de olho não serão percebidos. Eu já passei por muitas coisas em minha vida e eu sei muito bem como são os olhares das pessoas, principalmente quando elas não gostam de mim. Eu dificilmente me engano.
Me irrita profundamente quando me olham torto. Tem alguma coisa de errada? Então fala na minha frente que eu responderei se tem ou não. Eu como pouco, como devagar por inúmeros motivos e hábitos. Eu não admito que pessoas que não tem um pingo de intimidade comigo, fiquem falando coisas do tipo: "Come mais ou como você come pouco, por isso que é magra e isso e aquilo." e principalmente "Você come muito devagar". Isso não é dá conta de ninguém. Meus pais convivem comigo e nunca reclamaram de nada. Nós temos um hábito de demorar por que conversamos durante a comida, coisa que eu gosto de fazer. Tudo em silêncio, clima mórbido não me agrada.
Eu tenho problema no estômago, ele é pequeno e não aguenta muita comida e se eu forçar, eu vomito. Não nasci desse modo, eu só tinha péssimos hábitos alimentares quando mais nova e então fiquei assim. Então, se você não me curte ou não tem nada para dizer, fica calado (a). 
Outra coisa que me irrita bastante é minha aparência. Eu sempre fui magra (salvo agora que estou mais ainda devido as intolerâncias) e parece que sou a versão feminina do Benjamim Button, por que ao invés de envelhecer, eu fico mais nova e com cara de criança. Isso faz com que as pessoas não me levem muito a sério, apesar de eu ser palhaça, eu sou bem séria na maioria das vezes. Mantenho uma expressão fechada não por que eu quero, mas para que os outros ao meu redor me vejam com seriedade e se tem uma coisa que me deixa mordida, é quando fazem brincadeiras a cerca disso, do tipo: "Para você tem que ser na sessão infantil ou vai no brinquedo tal que você entra ou você é tão pequenina que dá para pegar no colo." Gente, eu não tenho 10 anos há mais de 10 anos. Qual a dificuldade de me ver como alguém que vai fazer quase 30 anos?
Não tem nada para dizer, então fique em silêncio. Converse assuntos de adultos. As pessoas parecem que tem medo de falar de sexo ou de dinheiro, trabalho, comigo. Eu vou entender isso. Não sou tapada.
A parte do corpo não vou nem comentar por que é o que mais me deixa emputecida. Comparações com outras pessoas ou falar o quanto eu estou magra. Já leva um fora na hora, sem dó e nem piedade.
E por último, não me acorde com barulho (que não seja o despertador) por que vou acordar estressada. Eu acordo entre 6:30 e 7 horas da manhã e a pessoa inventa de bater em sua casa, antes disso. É até um desrespeito. Custa esperar até 8 horas? As pessoas são muito sem noção... Francamente.

Um dia eu ainda faço um vídeo falando mais sobre isso.
Gostou da postagem? Então comente aqui embaixo se você já passou por isso ou passa por isso. Não esquece de curtir a página do mundo ali ao lado ----------------->
Se inscrever no canal!
E receber meu beijo galaxico! kkkkkk




terça-feira, 29 de maio de 2018

Magrelice: Teste de intolerância alimentar

Olá, queridos caotinhos, nesta terça abençoada (falei igual aqueles vendedores de ônibus) venho retornar aos quadros do blog.
Quem me acompanha já deve ter notado que eu sempre estou com algum problema de saúde, mais precisamente intestinal, pois bem, resolvi ir no médico novamente averiguar, já que fazia anos que eu venho me sentido mal e ninguém nunca descobriu o que era. Confira abaixo:




Uma coisa que eu não mencionei no vídeo, foi o fato de eu ser ou não ser celíaca. Como eu ainda sou muito inexperiente em termos de contar as coisas por vídeo, então explicarei por aqui.
Os exames de intolerância ao glúten que eu fiz foram: Anti endomísio IGA e o Anti gliadina IGA e ambos deram reagente. Apesar de eu ter feito uma endoscopia, ela não foi com biópsia do intestino. Então eu não sei, de fato, se sou ou não. Eu estava um pouco cansada de pular de médico em médico e por enquanto, vou me recuperar para poder ir em outro e vê se faço o exame genético, já que eu já estou em dieta sem glúten. Em minha humilde opinião, é bem provável que eu seja, devido ao quadro de desnutrição que eu fiquei no início do ano e a intolerância a lactose, que é uma consequência típica de doença celíaca. Fora os sintomas clássicos da doença que desde que eu cortei, sumiram.
De certa forma, os exames positivaram e independente de qualquer coisa, minha dieta será sempre sem glúten e sem lactose. Essa é minha nova realidade.


Quanto as carências, foram muitas: Vitamina D, A, C, cálcio, glicose, gordura total, colesterol, triglicerídeos e outros. Agora eu tenho tomado os remédios para poder suprir as necessidades, tanto calóricas, quanto minerais e vitaminas.
Um remédio muito bom que tenho tomado é Forten, que é um suplemento de aminoácidos muito bom para o físico e a mente. Ele também está ajudando a desinflamar o intestino e recuperar as vilosidades que possivelmente estavam "atrofiadas". De certa forma, tenho tomado bastante cuidado com a alimentação e aumentei alguns kilos. Com a graça de Deus, irei melhorar mais ainda!
Em breve estarei fazendo mais postagens e vídeos sobre receitas, o que eu costumo comer para engordar e também algumas coisas sobre a doença celíaca.

Gostou da postagem? Então comente aqui embaixo se você conhece alguém que tenha intolerância ou se você tem! Não esquece de curtir a página do mundo ali ao lado -------------> E se inscrever no canal!
Beijos galaxicos!


segunda-feira, 16 de abril de 2018

Dorama: Black

Imagem: http://adolescenciablog12.blogspot.com.br/2017/12/k-drama-black.html


Título: Black 블랙
Ano: 2017
País: Coréia do sul
Direção: Kim Hong - Sun
Episódios: 18
Disponível: Netflix


Sinopse
A trama gira em torno do Grim reaper (Ceifador) 444, mais conhecido como Black. Ausente de sentimentos, Black é o ceifador mais conceituado no mundo espiritual, fazendo seu trabalho com responsabilidade e frieza. Um dia, é reservado a ele um novo parceiro que na primeira tarefa de ceifar um vida, acaba fugindo e possuindo um corpo humano. Black não tem outra escolha a não ser ir atrás do parceiro, pois se descobrissem que ele perdeu seu companheiro, teria que pagar por isso. No mundo dos humanos, 444, conhece Ha-ram, uma estranha mulher que usa óculos negros, mesmo durante o dia. Na verdade, ela é pode enxergar a sombra dos ceifadores dentro de um humano e saber quando e como uma pessoa vai morrer. Black se aproxima dela para poder encontrar o parceiro, mas quanto mais o tempo passa, mais ele interfere no mundo dos humanos, o que é estritamente proibido para os Grim reapers.


A série possui bons atores,  a primeira vez que eu vi um drama com eles e já gostei muito da interpretação, principalmente do Song Seung - Heon que faz o papel do Black. Não é fácil, interpretar dois personagens com personalidades totalmente diferentes.



Song Seung - Heon como Black         Song Seung - Heon como Moo - gang



Cito também a atriz Go Ara que interpreta a Ha-ram, que consegue transpassar só pelo olhar, toda a aflição de uma personagem perturbada pelos fantasmas da vida.






O Kim Dong - Jun interpretando Man-soo, o membro mais novo de um família rica e influenciadora. Que sofre nas mãos do irmão mais velho. Ele consegue ser ingênuo e inocente e a ponto da gente sentir pena dele a série inteira.



















Fora os outros personagens marcantes, como o Cachorro louco, um investigador já de idade mas muito inteligente e os outros Grim reapers, amigos do Black.
Não irei falar muito para não dar spoiler, mas de todos os dramas que eu já vi, esse com certeza foi o mais completo, o mais sentimental e o mais bem feito. Até hoje, eu fico pensando nele e confesso que assistiria novamente. O final não é esperado, porém surpreende.
Black é uma série de romance policial / fantasia - É pesada, porém tem momentos cômicos. Pois ela aborda o tema "morte" com uma franqueza que nos comove e nos faz pensar e repensar em tudo que a gente viu. Não é um drama simples para entender, tem que prestar muita atenção e ter calma e paciência, por que tudo é muito bem explicado conforme os capítulos vão se sucedendo. São muitos personagens, são muitas teorias e histórias paralelas que vão se encaixando. Vale muito a pena ver, eu super indico.

A OST do drama é uma das mais bonitas que eu já ouvi. Elas tem uma pegada new age que combina muito com o tema central da série. Escutar as músicas é como mergulhar em um mar de lembranças. São tristes, porém são lindas. Deixo aqui uma delas:




Gostou da postagem? Então comente aqui embaixo se você já conhecia o drama ou se ainda irá ver? Ahh não esquece de curtir a página do mundo ali ao lado -------------> E se inscrever no canal! 
Beijos galaxicos!

segunda-feira, 9 de abril de 2018

DIY: Sapo de chocolate do Harry Potter + Figurinha 3D

Tentei fazer um DIY decente para vocês, mas eu não tenho sei gravar direito e nem tenho uma câmera boa. É tudo no celular mesmo kkkkkk ainda sim, tentei ao máximo me fazer entender e ensinar a vocês como fazer a embalagem do famoso sapo de chocolate do filme Harry Potter. Dentro dele, sabemos que vem a figurinha de um bruxo famoso que fica se movendo e faz a gente vibrar de tanta magia, mas e se fosse você, que estivesse na figurinha? E melhor, se movendo? 
Então surgiu a minha idéia de fazer uma figurinha em 3D... Pesquisando na internet, eu fiquei sabendo da famosa impressão lenticular, que são técnicas e efeitos bem legais de fazerem a imagem se mexer quando você movimenta a imagem. Elas eram muito conhecidas por virem dentro dos salgadinhos da elma chips, principalmente os tazos. Lembrou?

Imagem:http://coisasolds.blogspot.com.br/2009/04/pokemon-tazos-2-trimestre-2000-dentro.html

Eu queria fazer esses sapos como lembrança da minha formatura, porém, aqui onde eu moro ninguém trabalha com esse tipo de impressão, então entrei em contato com gráficas de SP, só que infelizmente eles só faziam em grande escala, mais de 100, por exemplo... E eu precisava de 10 apenas. Eu não sei o preço desse serviço, mas acredito que não seja barato. Daí fui buscar um meio de fazer isso de forma analógica, achei vídeos gringos ensinando de uma forma simples, só que já estava muito em cima para eu fazer, daí não deu tempo. Por que apesar de ser bem legal o resultado final, é trabalhoso fazer 10 em menos de 1 semana kkkkkkkkk... Então, deixo aqui o vídeo para vocês conferirem.


Gostou da postagem? Então deixe aqui seu comentário se gostou do vídeo ou se já conhecia esse tipo de impressão e não esquece de se inscrever no canal e curtir a página do mundo ali ao lado --------->
Beijos galaxicos!

sexta-feira, 6 de abril de 2018

Papo de filhos: Reflexões

Não quis escrever nada por hoje, apenas dedicar esta música que eu gosto muito. Tinha esquecido completamente dela, mas devido a tudo que aconteceu, refleti um pouco sobre a vida e lembrei...


Anjos de resgate - Tua família


"Percebe e entende que os melhores amigos, são aqueles que estão em casa, esperando por ti. Acredita nos momentos mais difíceis da vida, eles sempre estarão por perto, pois só sabem te amar. E se por acaso a dor chegar, ao teu lado vão estar, pra te acolher e te amparar, pois não há nada como um lar..."


Gostou da postagem? Então comente aqui embaixo se você já ouviu essa música e se gosta dela. Não esquece de curtir a página do mundo ali ao lado ------------->
Beijos galáxicos!

Festa de formatura do Harry Potter

Me formei recentemente e como minha turma não quis festa de formatura, eu resolvi fazer uma só para mim. Mas, o que esperar de uma nerd como eu?
Depois de tanta insistência, consegui fazer o baile temático e como eu sou muito fã do Harry Potter, nada mais justo que fazer do filme, né? Mas confesso que nem passava pela minha cabeça isso, eu achei acidentalmente uma festa do HP de uma formanda de jornalismo e resolvi fazer também.
Então, o próximo passo era achar um salão que fizesse isso por um preço justo (Já que aqui no Pará é um absurdo de caro, quando são temas diferentes). Depois de tanto procurar, achamos o JM Eventos que fica no bairro Cidade Nova 3 em Ananindeua. Fizemos várias reuniões, tivemos várias conversas, pagamos um preço caro pela decoração e o buffet junto e no final, não saiu nada como a gente quis. Eu fiquei decepcionada. Eu criei uma grande expectativa por esse baile, a Marcela (Que ficou responsável pela organização) escreveu no contrato e prometeu muitas coisas legais e no fim, não colocou nada e ficou uma decoração bem simples mesmo. Não vou dizer que ficou feia, mas não era o que eu tinha pedido.
Eu estou escrevendo esse post e escrevendo abertamente nomes, por que quero deixar aqui registrado a falta de responsabilidade (por que nem no dia do meu evento, ela estava presente), pouco caso com meu evento e falta de profissionalismo.

Detalhes: O mestre de cerimônias era uma pessoa gentil, porém ele não era uma pessoa capaz do serviço. Ele errou meu nome na hora da minha entrada (sendo que ele tinha anotado assim que eu cheguei). A recepcionista só ficava no celular, o evento no início foi uma bagunça. Só não foi tão pior, por que a fotógrafa ajudou a gente a organizar tudo. Sem contar no vídeo de homenagem que ela escreveu meu nome errado. A comida do buffet estava fria e a carne estava mal passada.
O que falar do DJ? Eu marquei uma reunião e ele não apareceu. Chegou no dia, eu entreguei o pen drive com as músicas e ele não tocou nada do que eu coloquei. Eu sou uma pessoa extremamente chata com música. Eu organizei gênero por gênero, para quando estivesse tocando axé, não pulasse para um rock pesado, do nada. Enfim... Tivemos muita dor de cabeça. Ficamos extremamente decepcionados. Minha nota para este salão e seus serviços foi de 2. Não faria evento novamente e não indico a ninguém. Como nem tudo foi bagaço da laranja, deixarei algumas fotos das partes boas.

Mesa cental



Bolo de formatura Inglês, bolo fake do HP, bolo de formatura publicidade


Chapéu seletor


Pomo de ouro de Ferrero Roche (Eu e minha mãe que fizemos)


Cupcake Mandrágora 
(Folha de hortelã era para pôr na hora, colocaram antes e murchou)


Caixinha chapéu de formatura
(Eu e minha mãe que fizemos)


Feijãozinhos de todos os sabores
(Também eu e minha mãe que fizemos)


Baú com moedas de chocolate 
(Remetendo ao banco de gringotts)


Cupcake personalizado


Porta guardanapo personalizado
(Aquele ali é da Lufa-Lufa, mas tinha todas as outras. Meu pai que fez)


Lounge e estante de lembrancinhas com quadro de assinatura.
(Que foram feitos por mim, minha mãe e pai)



Um pouco de como foi o baile. Quase todas as lembranças que tinha na mesa de doces e na estante, foram feitos por nós. A única coisa a parte, foram os docinhos simples e finos, as canecas do Harry Potter que encomendamos pela internet, que por fim, as outras 10 canecas que compramos não chegaram a tempo. O quadro de assinaturas que compramos pelo site da elo, também. Apenas a moldura, meu pai fez. O resto foi tudo nós três. A caixinha com a boneca de biscuit, foi minha mãe que fez.


E é isso galera, eu queria ter feito o famoso sapo de chocolate, entretanto não tivemos muito tempo, como havia dito, o mês de março foi muito ruim e teve muitos contratempos e tristezas. No mais, guardarei apenas as lembranças boas... Se você curtiu essa postagem, então não esquece de comentar aqui embaixo o que você achou da festa e se você já fez alguma festa temática. Não esquece de curtir a página do mundo ali ao lado --------------------->



Cinderela diz: Beijos galaxicos :D