segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Second Life

Hoje eu vou falar sobre um jogo que eu gosto muito, o Second Life ou SL (para os mais íntimos).
O Sl é um jogo virtual e tridimensional online. WHAT'S? É um jogo que eu chamo de simulador de vida, por que ele simula aspectos da vida real do ser humano em um ambiente virtual. Second Life significa Segunda Vida.
Foi criado em 1999 e desenvolvido em 2003 pela Linden Laben (por isso, o dinheiro do SL é o Linden).



Eu fiquei sabendo do SL por uma revista de informática quando eu tinha 15 anos. O jogo já tinha lá seus dois anos de história e em março de 2007, eu fiz a minha conta. Antigona, né? kkkkkkkk tenho 7 anos de SL e muitas histórias...
Enfim, o jogo naquela época não tinha um gráfico tão bom quanto é hoje e vivia cheios de erros, mas mesmo assim, era maneiro jogar e conversar com as pessoas, sejam elas Brasileiras ou estrangeiras. Que eu me lembre, já até cheguei a conversar com um Alemão.
Hoje, pode-se dizer que o Second Life melhorou muito no quesito de gráfico e de lugares, já que antigamente era muito limitado. A única coisa ruim, pelo menos para mim, foi a interface do jogo, que antes era bem melhor para aprender. Esse novo, eu já não me acostumei muito, mas mesmo assim dá para jogar tranquilo. Como dizia um amigo de infância, esse jogo são para pessoas sem convívio social kkkkkkkkk mentira, é maneiro...

Você pode fazer sua conta no: http://secondlife.com/  (e escolher seu idioma)


Quando você cria seu personagem, você é um noob automaticamente, E o que seria um noob? Seria mais ou menos uma pessoa boba, novata no jogo e que não tem nada. Mas, felizmente, quando você chega na sua segunda vida pela primeira vez, existem pessoas e ilhas de ajuda para ajudá-lo nessa caminhada tão difícil.
Como na vida real, você se depara de tudo um pouco lá dentro e é claro, para ganhar os famosos Lindens, você precisa trabalhar e acredite, lá tem emprego de tudo quanto é jeito. Eu costumava ser promoter (que é promotora de festas. Basicamente chamar o tanto de amigos que eu puder para a minha festa e entrete-las até o meu tempo de trabalhar terminar) normalmente, eu ganhava entre 100 e 200 lindens por hora, é claro que, eu era uma boa promotora e por isso muita gente me contratava. Mas antes disso eu fui empregada, faxineira kkkkkkkkkkkkk...
O Second life não é um bicho de 7 cabeças, já que lá dentro é só um jogo, você só tem que tomar cuidado com as ilhas que oferecem riscos para a sua vida e com possíveis pessoas ruins, por que nesse mundo existe de tudo, então cuidado. Eu aconselho já que é um jogo muito divertido para quem gosta de simulador de vida.

Aqui eu ponho algumas gírias:

Freebie - Objetos de graça
Furniture - Mobílias
Noob - Pessoa nova
RL - Quando a pessoa vai fazer alguma coisa fora do jogo, tipo um "já venho"
Sandbox ou caixa de areia - É quando você compra algo que vem em caixa, daí você tem que jogá-la no chão para pegar os itens que ela contém.
Lag - O famoso bug do jogo, quer dizer que a pessoa está "presa" tipo, o jogo congelou.
Mic - Conversa no microfone.
TP - É o teletransporte.
MI - Mensagem instantânea e outros que eu não estou lembrando.


Essa sou eu, estilo halloween.

Eu não jogo mais com tanta frequência como antigamente e tem meses que eu não jogo, até por que, tenho muitas coisas para fazer na "RL" kkkkkkk bem, eu conheci muitas pessoas e fiz muitas coisas legais, passeei e também evitei muitas brigas da minha mãe, por lá (pois é, eu tenho família lá). Tive 3 namorados virtuais. Meu primeiro namorado lá foi o Jeff denfu, a gente namorou por 1 ano mais ou menos, não lembro direito. A gente se conheceu meio que por acaso e acabamos "ficando" - Só que ele teve que se afastar do SL e então acabamos ficando só na amizade mesmo e até hoje somos amigos. O outro foi o Walter (ex namorado da minha mãe) mas eu não sabia. Foi uma coincidência. Bem, ele não durou nem 3 meses, éramos muito diferentes um do outro e o último foi o Fercky Auxifur, que durou 3 anos e meio, sendo que a gente chegou até a casar kkkkkkkkk... Até hoje somos amigos também.  Mas o Fernando era meu "tio" e eu descobri que ele gostava de mim, quando o melhor amigo dele pediu para namorar comigo kkkkkkkkkkkkk enfim... Velhos tempos que ficam na memória e o Second Life com certeza fez parte da minha vida e lá aprendi muitas coisas boas.

Aqui deixo o vídeo do meu casamento, bem antigo, mas bem legal...



É isso galera, gostou da postagem? Então deixa seu comentário aqui ou na caixa velha azul de guerra ali ao lado ----->
Beeeeeeeijos galáxicos!










segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Inuyashamaníaca

"Sempre em busca de uma nova razão, atravessando a escuridão, 
de repente, a luz do amor, ilumina o  coração"


Não preciso nem dizer né? Inuyasha é meu anime favorito, simplesmente marcou minha infância.
Eu conheci o inuyasha por uma amiga quando eu tinha 12 anos (antigo, não é?) foi "amor a primeira vista" - Estava no 5º capitulo quando eu comecei a ver, mas para pegar tudo desde o início, comecei a ver pela internet os 4 primeiros. Daí eu igualei. As vezes, eu ficava até tarde ou de madrugada para assistir kkkkkkk era muita coragem (mas eu estudava de tarde, só para lembrar). Eu assisti toda a primeira temporada mais de 10 vezes e depois fiquei esperando alguns anos para sair a segunda temporada com o final do inuyasha.
Como eu era muito fã (hoje eu sou, mas não tanto) eu tinha quase tudo dele... Abajur, camisa, colcha de cama, caderno, porta celular, bonecos, fantasias, revistas, cd's, dvd's kkkkkkkkkkk e muitas outras coisas. Como faz tempo e a maioria eu não tenho mais, então nem daria mais para colocar fotos.
Então é isso galera, uma outra hora eu posto sobre o inuyasha no "anime da vez" *-*


Gostou da postagem? Então comenta aqui *-* ou na caixa velha azul de guerra ali do lado!!!
Beijos galáxicos!

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Burn

Boa tarde, queridos caotinhos, faz tempo que não posto nada. A verdade é que não tive tanto tempo e também fui sufocada por muitos problemas que me afastaram um pouco.
Deixo um poema...

Olho da janela, os pingos de chuva
o vidro reflete os meus olhos e os pingos se transformam em lágrimas
o coração deveria bater
a boca deveria sorrir
o nariz deveria respirar
mas há algum tempo, tudo isso deixou de funcionar
por que eu não sei
mas algo em mim se foi... Para nunca mais voltar.
Deveria ser um verão mágico
mas nenhuma flor floresceu
e o inverno dos meus dias, chegaram mais cedo
um poema com versos ocos é o que eu escrevo
reflexo de uma alma doente
não vejo saída, a não ser soltar o que eu seguro montanha abaixo
uma dor corriqueira mas estranha ao mesmo tempo.
E eu afundo em solidão
mas meus sonhos não são tão vazios
como minha consciência faz parecer
há um ponto de luz lá no fundo quase desaparecendo
por que eu não sou total escuridão
mas eu temo que ela se apague...
Eu sempre caminho contra o vento
e agora eu parei no meio caminho
por que eu sempre tenho que decidir o que será melhor
recheada de sentimentos negativos
não há uma maneira de me sentir melhor
por que tudo não é bom para ninguém.
E eu não sei onde devo ficar, por que nenhum lugar
parece ser feito para mim.