segunda-feira, 26 de novembro de 2012

última semana



Está chegando ao fim essa batalha, muitas coisas aconteceram em 2012, umas boas e outras nem tão boas assim. Embora não seja tão confortável uma menina no meio do grupo, mas obrigada por não me deixarem sozinha. Principalmente ele... Com essa camisa feiosa... Unf!
Eu guardarei todas as lembranças, brincadeiras (helton, gafon... kkkkkkkkk) e a oveeeelhaaaa.
Sem contar da disputa pela atenção, já era P.A, perdeu... Eu venci kkkkkkkk.
Perdi muitas coisas, ganhei muitas coisas. Amadureci, chorei, me estressei, sorri e chorei novamente. 
E não há um dia que eu não lembre dela.
Nesta última semana, irei "aproveitar" os dias em que posso ficar perto do Jadson, por que depois que o cursinho acabar, não nos veremos. É verdade, e eu também não vou mais atazanar a vida do P.A.
Não tenho muito a dizer, por que são coisas que não devemos falar e sim guardar no coração.
Amor...
Amigo...
Sentirei saudades...

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Adicionais

Bom, outra postagem para comentar que o meu novo blog está em andamento... Que fala dos signos (não, eu não vou apagar este aqui).
Esse aqui em breve estará de cara nova, por que esse fundo preto é tenso na hora de ler... Principalmente de noite >.< (dá dor de cabeça).
E por falar em cabeça... Daqui há alguns dias eu farei o tal exame de eletroencéfalograma... Deus esteja comigo e queira que eu não tenha nada...
Como eu esqueci de pôr no outro post... Eu ponho neste. Uma música que achei acidentalmente no youtube e está aí... Gostei muito... A tradução é bem intrigante, mas bonita.


Lisa Loeb - She's Falling Apart



Letra traduzida

Próximo capítulo

"Não gosto de chorar na frente dos outros, mas hoje foi praticamente impossível segurar". 

Eu gostaria que as coisas fossem mais fácil entre a gente, sabe? Mas a cada dia que passa só piora e minha paciência está ficando cada vez mais esgotada... Até o dia em que eu sair daqui e poder seguir meu caminho, eu sentirei muitas saudades, eu volto para visitar, mas será melhor.
Sempre me disseram que quando a gente está financiado, os pais começam a tratar a gente melhor... Faz sentido... Um dia, isso vai passar... Eu acredito ainda na mudança.

Eu coloquei minhas mãos sobre o rosto, eu realmente não queria falar sobre ela, mas não tive escolha. Por que dói demais... Eu ainda manchei a camisa dele com minhas lágrimas. Obrigado pelo abraço, eu precisava muito naquele momento.
Hoje foi mais uma briga... Mas estou bem agora. Sim, hoje também é o aniversário do P.A - 20 anos com aquela cara toda (brincadeira) kkkkkkk Espero que esteja tudo bem com ele e com a mãe... Foram momentos difíceis - Próxima postagem, eu posto o vídeo que a gente fez  ^^
Ahh sim, o canal de games que eles fizeram ficou muito show, curti bastante... Jadson - P.A - Adriano e o João ou Vitor ;) ou gordo né? Como ele prefere... kkkkkkk
Embora esse ano tenha sido ruim, tivemos momentos engraçados e inesquecíveis (Helton) kkkkkkkkkkk

Enfim... Acho que é isso, bola para frente e aceitar essa recusa de gostar das pessoas... Afinal, eu gosto de mim e Deus também.



sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Sexta feira sem estrelas

Apenas mais uma criatura esquecida, tudo por que? Tudo para que eu pudesse amar... 
Prometi não invocar o passado novamente, mas ouvindo essa música, me bate uma saudade daquele tempo, se eu pudesse voltar... Como eu queria voltar.
Ninguém se importa comigo, como as pessoas podem me esquecer? E eu que sou tão boa com todos? Caraca, como eu posso ser tão idiota? Me importante com coisas que não me fazem bem, coisas que eu sei que, não faz a mínima diferença se estou aqui ou não.
Eu não sei quem eu sou agora, eu voltei a ser fria e sem luz, tudo para não te fazer sofrer. Por que eu sou assim, aliás, eu era. Eu incomodo as pessoas e minha mãe estava certa, eu deveria ser mais séria e parar de brincar. Agora eu a entendo.
Você foi a pessoa que mais me fez chorar este ano, mas também me fez feliz. Tenho certeza que não amarei ninguém como eu te amo. Não farei as coisas que eu fiz para você e por você, não falarei palavras de carinho e principalmente... Nada será como antes.
Eu queria ser especial para alguém como eu sou para Deus.
Desculpe pelo passo errado e ter pisado em seu pé. Não te abandonarei em nenhum momento, mas agora eu caminho sozinha, mais uma vez.
Eu queria poder voar, eu queria poder fazer as coisas, na qual eu pudesse passar orgulho, queria poder ajudar, eu queria... Viver em paz.
Eu não consigo chorar, estou cansada demais para continuar assim. Meu medos e minhas fobias, estou deixando para trás, para nunca mais ficar presa no castelo gelado. Meu sorriso... Meu sorriso será, apenas, para quem realmente me conhecer. E por enquanto, estou fechada para visitação.