quinta-feira, 31 de julho de 2014

Blá

Escrevo coisas da qual eu entendo, da qual eu não sei, também. Penso em coisas da qual eu me arrependo e faço também. Mas o que deveria fazer? Seguir minha intuição ou a dos outros? Ou jogar the sims e esquecer tudo?
Estou aqui "sozinha" e não me satisfaz chorar, por que eu anseio por paz. Isso já não me traz paz.
Não sei o que busco, do que preciso. Quero ficar como estou, sem mudanças.
Tenho medo de mudanças. Tenho medo do escuro... Outra vez aqui em casa faltou luz [...] Ontem não foi bom para você? Por que me força a algo que eu não quero falar? Por que não para quando deve parar? Por que não respeita o que deve ser respeitado? Assim como as folhas que caem da árvore. Tudo tem seu tempo de acontecer... Eu não sei quando, não sou uma fada e não possuo bola de cristal.
Vire para mim e me diga coisas bonitas, vire para mim e me diga "ei, desculpa, vamos conversar direito" não vire as costas para mim, eu não quero ser ignorada.
E se faltar luz? Aonde eu irei me esconder?
Eu devo aderir a escuridão?
Ou enfrentá-la?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da postagem? Então comenta... :D
Agradeço...
beijos galáxicos!