domingo, 6 de julho de 2014

Por trás de Fukai Mori

Fukai mori é uma música da banda japonesa "Do as infinity" - Ela é a décima música criada pela banda, a décima segunda do albúm "Do the best" e a décima do albúm "Do the A-side".
A música Fukai mori faz parte da trilha sonora do anime "Inuyasha" e é apresentada no segundo encerramento do anime, no Brasil, ganhou a versão "densa floresta" interpretada pela cantora Sônia Santhelmo.

A história por trás dessa música é triste, a cantora Tomiko Van a compôs depois de um incidente em sua vida. Não sei dizer se isso realmente é verdade, mas pelo que eu pesquisei, Tomiko teria tido uma discussão com o noivo e os dois acabaram terminando, depois o noivo dela acabou sofrendo um acidente e falecido. A cantora ficou extremamente abalada e com essa tristeza, fez a música Fukai mori, que a principio tem uma letra chocante e bem reflexiva.



Fukai mori - Densa floresta



"Fukai fukai mori no oku ni ima mo kitto
Okizari ni shita kokoro kakushite'ru yo
Sagasu hodo no chikara mo naku tsukarehateta
Hitobito wa eien no yami ni kieru
Chisai mama nara kitto ima demo mieta ka na
Boku-tachi wa ikiru hodo ni
Nakushite'ku sukoshi zutsu
Itsuwari ya uso wo matoi
Tachisukumu koe mo naku
Aoi aoi sora no iro mo kidzukanai mama
Sugite yuku mainichi ga kawatte yuku
Tsukurareta wakugumi wo koe ima wo ikite
Sabitsuita kokoro mata ugokidasu yo
Toki no rizumu wo shireba mo ichido toberu darou
Boku-tachi wa samayoi nagara
Ikite yuku doko made mo
Shinjite'ru hikari motome
Arukidasu kimi to ima
Boku-tachi wa ikiru hodo ni
Nakushite'ku sukoshi zutsu
Itsuwari ya uso wo matoi
Tachisukumu koe mo naku
Boku-tachi wa samayoi nagara
Ikite yuku doko made mo
Furikaeru
Michi wo tozashi
Aruite'ku eien ni
Tachisukumu koe mo naku
Ikite yuku eien ni"

"Agora no fundo da densa, densa floresta, certamente
Despertou o que estava escondido dentro do meu coraçãoQuanto mais me esforço a procurar o poder, mais me canso
Todos irão desaparecer na escuridão eterna

Mesmo se for pequena, certamente verei a tristeza

Quanto mais vivemos
Mais coisas perdemos pouco a pouco
Perdido num vale, num chão inseguro
Nos impossibilitando de falar e chorar

Assim como o céu, muito, muito azul, ferido
Todos os dias, o cedro vai para o rio.

Uma estrutura alcançável, a mão da voz
Um fraco e antigo coração está começando a bater novamente!
No "ritmo" do tempo, talvez voarei mais uma vez

Vivemos em qualquer lugar
Enquanto viajamos sem rumo
Procurando a luz na qual acreditamos.
Eu caminho com você.

Quanto mais vivemos
Mais coisas perdemos pouco a pouco
Perdido num vale, num chão inseguro
Nos impossibilitando de falar e chorar

Vivemos em qualquer lugar
Enquanto viajamos sem rumo
Olho para trás
O caminho tortuoso
Andando para sempre

Vivendo para sempre impossibilitados
De falar e chorar."

E aqui um vídeo da Tomiko chorando ao cantar a música.



Então, gostou da postagem? Então comenta aqui ou deixe sua sugestão da caixa velha azul de guerra, ali do ao lado ---->
E você? Já escutou Fukai mori? Beijos galáxicos!

3 comentários:

  1. coitada :( não sabia por isso ela chora vou chorar tbm

    ResponderExcluir
  2. nossa, tadinha dela.
    pensei q o marido dela o tal q toca violão do lado dela.
    canta muito ela.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Então comenta... :D
Agradeço...
beijos galáxicos!