terça-feira, 8 de novembro de 2016

Past continuous - T01 E05 - Aulas

Camila observava as ruas enquanto seu pai a levava de bicicleta até o colégio onde fazia curso preparatório. Muita coisa tinha mudado em relação ao futuro. Era até estranho pensar dessa forma. Mas, sabendo como era o futuro e o que iria mudar, ver tudo no passado parecia um tanto bizarro. Mais bizarro ainda era chegar novamente no colégio depois de 5 anos. Aquele percurso de bicicleta, ela não fazia durante 5 anos. Seu pai estava tão jovem e tão bem. Por alguns instantes, esqueceu como era a vida no futuro e como estava péssima, de repente seus pensamentos foram cortados quando chegaram. A primeira pessoa que observou foi seu grande amigo, Júlio, parado na frente do colégio. É claro que não poderia chegar e cumprimentá-lo, afinal, eles ainda não se conheciam.
Camila se despediu do pai e caminhou lentamente pela calçada do colégio, ia na direção do rapaz. Vale lembrar que ela estava bem diferente do que costumava ser nessa época. Aprendeu a ser mais sociável e fazer amizades. A faculdade de biologia a ajudou muito nesse quesito, já que sua vida era apresentar seminários.

__Júlio... Er... Oi - Camila parou na frente do menino. O mesmo levantou a cabeça rapidamente muito assustado.
__O... Oi... A gente se conhece? - Tentou dar um sorriso para aquela estranha.
"Meus Deus, o que eu estou fazendo, é claro que nós não nos conhecemos" - Pensou naquele pequeno detalhe. Como fingir que não conhecia alguém?
__Ahh me desculpe, é que eu... Bem, eu... Te confundi com um amigo meu - Disfarçou.
__Mas disse o meu nome.
__Coincidência, não? - Riu amigavelmente - Desculpe, viu? - Seguiu em frente com o rosto vermelho e não se atreveu a olhar para trás - "Bela maneira de começar, em Camila?"

Ao entrar na sala, a nostalgia tomou conta, todos estavam lá e como aquilo era possível? Tentou sentar mais para frente, não queria sentar no mesmo lugar de sempre. Se voltou para aquele momento foi por algum motivo e quem sabe, não poderia fazer alguma coisa diferente.
Olhou em volta e o coração acelerou. Camila sentiu o estômago embrulhar. Uma lágrima quase escorre dos seus olhos. Sim, ela viu Vinícius sentando ao lado de Júlio. Deu uma risada sem graça, nesse momento Júlio a encarou e Camila acenou com os dois dedos.

__Quem é essa? - Perguntou Kevin
__Ela me confundiu com alguém, mas ela sabia meu nome - Júlio tirava o caderno da mochila
__Até que é bonitinha - Vinícius deu uma risada sarcástica
__É doida, isso sim!
__E você não gosta? - Kevin deu um tapa nas costas de Júlio
__Tão me zuando, né?
__ É claro, a gente sabe que você só gosta de tanquinho - Vinícius riu junto com Kevin caçoando do amigo
__ "Mim deixem" - Júlio riu também, enquanto observavam o professor entrar.

Camila sentiu falta de Amanda, deu uma breve olhada na sala e pôde observar que a mesma estava sentada no final da sala. É claro, em 2011, quando tinha 18 anos, ela costumava  sentar no fim da sala. Agora, em 2011 novamente, ela tinha 23 anos, ou com a mente de 23, na verdade. Viu que tinha um lugar ao lado dela, levantou e seguiu até lá, nem reparou que todos a olhavam curiosos. A aula tinha acabado de começar.

__Lá vai tua namorada, Júlio - Kevin começou a rir
__Ela tem problemas.

Camila sentou ao lado de Amanda, que a olhou desconfiada e tímida. Por que será que ela tinha saído lá da frente para sentar aqui no final? Percebendo que a menina a olhava estranho, Camila decidiu quebrar o gelo.

__Oi, bem, eu não enxergo bem de perto - Deu um sorriso amarelo.
__Ahh então somos duas - Amanda riu
__Você tem cara de Amanda - Camila até que gostou da ideia de saber sobre tudo, isso lhe renderia muitas palhaçadas.
__Uau, você é boa mesmo, eu realmente me chamo Amanda!
__Sério? Que legal! Eu sou a Camila! - Tentou conter as risadas eufóricas, é claro que saber o que já aconteceu era trapaça. Percebeu que ela não tirava os olhos dá onde Vinícius estava sentado, achou um tanto estranho. Que ela se lembrava, Amanda não tinha feito isso.
__Gosta dele? - Perguntou séria
__De quem? - Amanda disfarçou e corou
__Daquele menino de bandana
__Ah não - Riu - Eu acho o amigo dele bonito - Amanda suspirou - Camila sentiu um peso sair de seu coração, ela estava falando de Júlio. Bem, não lembrava disso, Amanda não gostava de Júlio, por que agora ela estaria gostando?

As duas primeiras aulas passaram voando e tinha chego a hora do intervalo. As duas saíram e ficaram paradas na frente da sala, comendo salgadinhos. Camila tentava entender por que as coisas estavam mudando. A começar pelo fato de que Júlio a cumprimentava toda vez que ele a encontrava. Será que foi por que ela puxou assunto antes das aulas? Ou é por que ele ficava sem graça de passar e não falar? A única coisa que tinha certeza, é que Amanda queria que Camila fizesse uns "papos" com Júlio para os dois se conhecerem. Se fosse em 2016, isso seria mais fácil, já que Júlio se tornou um dos seus melhores amigos.

__Cara, por que você cumprimenta ela? Tá afim né? - Vinícius comentou enquanto tomava um gole de refrigerante.
__Eu não, apenas por educação.
__Ela parece ser uma pessoa legal, pode ter confundindo mesmo - Kevin falou de boca cheia.
__Cara, eu não to afim de ninguém, sacou?
__Eu faço os papos pra você - Vinícius riu e deu uma batida nas costas do amigo.
__Velho, vocês dois são muito mala!
__ [Faz os papos] - Kevin sussurrou para Vinícius, enquanto apontava para a cabeça de Júlio.

Enquanto isso, na frente da sala.

__Camila, faz isso por mim, pelo visto, ele fala com você - Amanda tentava convencer a menina a puxar conversa com Júlio. Apesar de Camila já saber quase tudo do amigo, era estranho chegar do nada.
__Ahhhh, tá legal, vou procurá-lo no face - Camila se sentiu convencida.
__Então prepara, lá vem eles! - Amanda apontou para o lado e seguiu para o banheiro correndo. Não deu nem tempo de falar nada, quando percebeu, Vinícius estava em sua frente.
__Oi? - Camila não soube o que falar. Depois de tanto tempo, ele finalmente estava ali na sua frente, mas ela não podia fazer nada. Ele nem sequer sabia o seu nome, muito menos quem um dia, ele já foi seu namorado. As mãos estavam suando de nervoso, quando Júlio apareceu e cortou o gelo.
__Está tudo bem?





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da postagem? Então comenta... :D
Agradeço...
beijos galáxicos!