segunda-feira, 29 de agosto de 2016

O lado "não tenho palavras" da vida


Se você é uma pessoa aberta, será fácil expor seus sentimentos para o próximo, desabafar com alguém que você conhece e tem intimidade. Do contrário, se você for uma pessoa um tanto reservada e fechada, as coisas se tornam difíceis. Mas isso não é puramente um defeito, já que, a maioria das pessoas que não falam abertamente sobre si mesmas, são aquelas que são capazes de ser boas ouvintes. Tipo eu.
O problema é quando você não sabe o que dizer para a pessoa, não sabe que conselhos dar. Apenas deixa falar o coração. Apenas compartilha daquela dor do amigo, se põe no lugar dele e tenta entendê-lo. Somos humanos, passíveis de erros e acertos e temos sentimentos. 
Mas é complicado viver o lado "não tenho palavras" da vida. Bem que eu gostaria de ter sempre um bom conselho, palavras bonitas que pudessem fazer a outra pessoa se sentir melhor, como um som mágico. Mas infelizmente não tenho e acho que muita gente também não deve ter em determinadas situações. O que difere é a ação. Eu abraço as pessoas, mas não é um abraço qualquer, é "O" abraço. Aquele que você guarda só para os momentos especiais, aquele bem apertado.
Recentemente vivi uma situação nova, não bem nova, acho que mais pelo fato da pessoa a qual eu vivi a situação é que foi nova. Esta pessoa não é tão íntima minha e lá estava eu vendo catálogo de cosmético quando notei que ela estava triste. Pensei "eu pergunto ou fico na minha?" por que perguntar soa um tanto invasivo, vai saber se a pessoa quer falar, né? Tem gente que é tão reservado quando eu (como disse lá em cima). Mas meu coração sentiu aquela dor e eu perguntei... Notei lágrimas nascerem e sendo impedidas de cair ali, na frente de todos, me contive e esperei todos saírem para poder ouvir e sim, eu estava certa, havia uma grande problema de origem amorosa e com uma carga sentimental muito grande. Eu fiquei triste por minha amiga e foi aí que percebi o quanto eu não tinha palavras amigáveis ou legais, apenas disse minha opinião de uma jovem sem experiência alguma, quer dizer, apenas experiência de coisas que eu li e vi e não vivi. Não sei bem como melhorar isso, lendo mais talvez? Eu sigo meu coração e as coisas que eu acho que vai ajudar e sou sincera sempre. Se as palavras não fazem tanto efeito, com certeza um abraço amigo fará toda a diferença... Pior do que não desabafar é se sentir sozinho no meio da estrada.





Se você também se sente perdido as vezes no que dizer a seus amigos que estão tristes, então comente aqui embaixo alguma coisa que te aconteceu recentemente e não esquece de me seguir ali do lado --------------------->


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da postagem? Então comenta... :D
Agradeço...
beijos galáxicos!