segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Sobre humanos e humanos



Não é errado você querer ser tratado melhor e da forma como você acha que merece. Não é errado dar sua opinião de algo, errado é a pessoa não respeitá-la. Não é errado querer ficar sozinho, afinal, todos nós precisamos de espaço para nós mesmos. Não é errado começar de novo e fazer uma nova história diferente daquela que não deu certo.
Não é errado discordar, opinar e nem mesmo se chatear. Sabe por que? Por que errado mesmo é quando ninguém te dar a liberdade de expressão, por que todo mundo acha que os outros são robôs, que precisam sempre estar a mercê e disponível sempre para seus prazeres. Não se importam com os outros, mesmo dizendo que se importam e demonstram ao contrário.
Uma boa mãe quando cozinha, espera que seus filhos comam e achem a comida boa. Mas se um deles não comer, não é por que a comida não está boa, é por que ele apenas não gostou. E o que essa mãe vai fazer? Obrigá-lo a comer a comida como os outros ou respeitar que esse seu filho tem uma opinião diferente e fazer aquela comida de forma que ele goste de comer? Sabe qual é a moral da história? É que as pessoas hoje estão tão preocupadas em agradar a si mesmas, que quando se relacionam com outra, querem que essa pessoa seja como ela quer que seja, ou seja, essa pessoa tem sua forma de agir e agradar, mas se a outra não está entendendo ou se não está gostando, não é por que o afago está errado, é por que a pessoa é diferente e gosta de carinhos diferentes. E como a mãe da prosa que eu falei, o que essa pessoa vai fazer? Vai continuar com os mesmos afagos e gerar reclamações e descontentamentos ou vai tentar fazer diferente até acertar? Bem, isso vai de cada pessoa, só sei que, coisas assim cansam. Por isso vejo muitos relacionamentos terminando, atualmente, as pessoas são muito egoístas para viverem a dois. Tiro por mim, por que eu também sou. Não sou nenhuma vítima do destino, mas sou vítima da mudança, por que eu tenho peito de chegar e tentar mudar, já outras, não posso dizer o mesmo.
Palavras são como a chuva no asfalto. Com o tempo, começam a fazer erosão em alguma parte de nós. Você sabe o que acontece, quando se abre um buraco no asfalto? É tapado da maneira mais ruim possível e não fica a mesma coisa, quando o chão era liso.
Não foram os caminhos que percorremos, foram os buracos que tapamos. Acho que não tapamos direito, eu cai em um.

Gostou da postagem? Então deixa aqui o seu comentário sobre sua opinião de humanos. Não esquece de me seguir ali ao lado! Beijos galaxicos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da postagem? Então comenta... :D
Agradeço...
beijos galáxicos!