segunda-feira, 23 de março de 2015

Homossexualismo

Um tema polêmico aqui no blog e acredito que será difícil escrever de modo que não fale que eu sou contra ou a favor. Não quero que ninguém se sinta agredido.
Partimos do seguinte princípio, o tempo dentro de suas infinitas possibilidades, tende a mudar conforme o planeta terra faz seu eixo de rotação. Uma coisa bastante curiosa é que nós, seres humanos, temos dificuldades em nos mudar também, ser desapegado ao passado. Isso não é um erro, é da nossa natureza ser assim. Nós temos sangue quente, temos um cérebro com um lado totalmente emotivo. O que eu quero dizer, é que costumes do passado são difíceis de serem retirados em um tempo de novidades totalmente avassalador. Acredite, não são coisas de décadas e sim de apenas alguns anos. É muito novo toda essa tecnologia, todos esses conceitos novos em nossa mente. Quem está vivendo esse presente, talvez não se importe, mas quem já viveu o passado, sabe em como é complicado aceitar diversas coisas.
Uma certas vez estava indo para a faculdade e me deparei com uma notícia que me deixou triste demais e olha que eu não sou o tipo de pessoa que se emociona tão facilmente. Um grupo de adolescentes espancaram um rapaz no colégio, por que o mesmo era filho de homossexuais. Mas o que é isso? Não interessa de quem você é filho, o respeito é a primeira coisa que uma criança deve aprender em sua fase de amadurecimento. Não se trata de religião, não se trata de orientação sexual, não se trata de cor, não se trata de status... Se trata de respeito. Uma pessoa só vai te aceitar, se você a respeitar, sabia? O que adianta você ser a pessoa mais inteligente do mundo, ser rica, ter carros importados e além do mais, ser heterossexual, se você não respeita sua esposa, mãe, amigos de trabalho ou simplesmente o próximo? Nenhum valor físico supre o valor emocional... Você terá tudo menos amigos, pessoas em seu convívio social. Acredite, "nenhum homem é uma ilha" - Acha que consegue viver só, sem falar com ninguém? Então vai lá... Passe bons anos e volte aqui e me conte como foi.
Acredito no amor.
Deus deu o livro arbítrio de seguirmos nossos próprios destinos, mas se há algo errado no mundo, ele arranja uma solução. Pode até parecer estranho isso, mas há tantas crianças órfãos, que pára para pensar, quase nenhum casal heterossexual adota uma criança e quando a faz, normalmente procuram as mais novas... Não acha que o casal heterossexual é responsável pela procriação e os homossexuais pelo acolhimento? Olha quantas crianças poderão ter um futuro tendo uma familia, um lar?
Um casal de bom coração seja ele qual for, ensinará tudo que Deus um dia nos ensinou... Amar ao próximo, assim como ele nos amou. Independente de qualquer coisa...
O mundo seria um lugar melhor se não houvesse tanto preconceito... As maiores guerras só aconteceram por causa de três coisas: Religião, política e poder. Se não existisse religião, todos acreditariam em um único Deus que só quer que a gente faça o bem e o oriente médio viveria em paz. Se não existisse poder, as pessoas seriam mais honestas e guerras como o nazismo, não teriam existido e a Anne Frank com certeza teria casado, tido seus filhos. Se não existisse política, todos seriam iguais a todos, sem preconceitos, sem discriminação... E muitas pessoas poderiam mudar o mundo com invenções muito boas.
Você que fica perdendo tempo criticando seu vizinho homossexual e o filho dele, acredite, isso não vai mudar o fato, de que aquela criança, será, quem sabe... Um futuro gênio.
Tenho amigos gays (gay sim, por que gay em inglês, significa alegria e para mim, isso não é motivo de vergonha) e também sou religiosa, não sou contra e também não sou a favor, apenas acredito que cada pessoa, seja ela qual for, tem capacidade de mudar o mundo... Seja com um gesto, com um olhar, com mais amor.


Então é isso, queridos caotinhos, gostou da postagem? Então me diga o que achou e me conte alguma situação que fez você ficar triste nesse mundo e beijos galáxicos, é claro! =)

2 comentários:

  1. eu não vou deixar de falar com uma pessoa só por ela ser homossexual, bater nela, ofender, deixar de ser amigo e etc...
    só não acho a homossexualidade normal.....
    cada um vive a sua vida da forma que achar melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade, Anônimo 1, eu acredito no amor. Por que ao final de toda discussão, sempre haverá o mesmo resultado... Todos são humanos procurando seu espaço. Cabe a cada um respeitar e viver sua vida da forma que achar melhor mesmo.
      Um grande abraço e obrigada por visitar o blog :)

      Excluir

Gostou da postagem? Então comenta... :D
Agradeço...
beijos galáxicos!