terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Fênix - Pó no vento

"Gaste todo seu tempo esperando por aquela segunda chance. Por uma mudança que resolveria tudo. Sempre há um motivo para não se sentir bem o suficiente e isso é difícil no fim do dia.
Eu preciso de alguma distração, oh, bela libertação. Lembranças vazam de minhas veias deixando-me vazia e sem peso e talvez, eu encontrarei alguma paz esta noite.
Nos braços de um anjo, voe para longe daqui, deste escuro e frio quarto de hotel e da imensidão que você teme. Você é arrancado das ruínas de seu devaneio silencioso. Você está nos braços de um anjo, talvez, você encontre algum conforto aqui.
Tão cansada de seguir em frente e para todo lugar que você se vira, existem abutres e ladrões nas suas costas e a tempestade continua se retorcendo. Você continua construindo as mentiras que você inventa para tudo que lhe falta. Não faz nenhuma diferença escapar uma última vez. É mais fácil acreditar nesta doce loucura, esta gloriosa tristeza que me faz ajoelhar."

(Sarah Mclachlan - Angel)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da postagem? Então comenta... :D
Agradeço...
beijos galáxicos!