sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Rancor



Rancor, que sentimento é esse que invade nosso corpo e nos faz pensar em coisas ruins?
Que sentimento é esse que surge quando brigamos com alguém?
Quando eu era mais nova, eu costumava ser muito rancorosa, não posso dizer que este sentimento saiu de mim completamente, eu ainda sou um pouco rancorosa. Embora ele não seja tão forte quanto no passado, porém ele surge em situações bem cabulosas. Como em um ditado que ouvi: Perdoar não é esquecer, mas sim lembrar sem mágoas.
Eu dificilmente fico chateada com alguma coisa ou com raiva de algo, raramente você vai me ver com a cara emburrada, mesmo que eu tenha tantos problemas, eu não transmito isso para as pessoas. Continuando, quando eu fico chateada ou com raiva, eu fico mesmo. E dependendo do caso, é difícil eu perdoar. Se eu perdoo, eu não esqueço. Eu não esqueço de nada.
Aconteceu algo nesta quinta feira (ontem) - Não irei citar - Mas, eu fiquei extremamente chateada. Isso eu não vou esquecer, eu perdoei, mas não esquecerei. Meu troco, as vezes, é óbvio, mas na maioria das vezes, é muito silencioso. Algumas coisas eu guardo para mim e fico uns dias meio "gelada" camuflando minha personalidade habitual.
Isso que aconteceu não guardei como um rancor. E de todas as desculpas (sinceras, talvez) que eu escutei, todas elas haviam uma solução. Tudo bem, ser humano é falho, tende a esquecer. 
A todos os rancorosos, vamos lutar para tirar este sentimento tão destrutivo dos nossos corações. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da postagem? Então comenta... :D
Agradeço...
beijos galáxicos!