domingo, 8 de setembro de 2013

O amanhã

"Enfrente a luta sozinho quando o mundo está cheio de vítimas, ofusca uma fraca luz em nossas almas. Deixe a paz em paz, agora nós estamos lentamente mudando, ofusca uma fraca luz
em nossas almas. Na minha opinião ver é saber que as coisas que seguramos são as primeiras a irem embora e quem vai dizer que nós não terminaremos sozinhos?
Em asas quebradas estou caindo e não vai demorar muito, a minha pele está queimando
pelas chamas do sol. Em joelhos esfolados estou sangrando e não vai demorar muito. Tenho que achar aquele significado... Eu procurarei por muito tempo.
Choremos até dormir, nós dormiremos sozinhos eternamente, você vai me deitar no mesmo lugar com tudo que amo. Junte os lares destruídos, se importe com eles, eles são nossos irmãos. Salve a luz fraca em nossas almas, na minha opinião ver é saber. O que você dá sempre te conduzirá
e quem vai dizer que nós não sobreviveremos também.
Liberte todos, acreditando nas vontades deles, para me fazer o que sou e o que serei. Liberte todos,
cairá entre as fendas, com as memórias de tudo que sou e de tudo que serei."

(Alter Bridge - Broken wings)



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da postagem? Então comenta... :D
Agradeço...
beijos galáxicos!