sábado, 31 de agosto de 2013

Façanhas

Se a vida fosse fácil como eu gostaria que fosse, como eu iria saber viver?
As alegrias, as decepções, os erros, os acertos e principalmente a paciência. São palavras da mesma família e formam um conjunto chamado aprendizado. Viver é aprender. Viver por viver, é respirar em vão... 
A parte mais complicada da vida é aceitar que ela é difícil. Por que a vida é imparcial, ela não diferencia o bem do mal, o certo e o errado, rico ou pobre. Ela apenas passa por você e deixa sua marca e cabe a nós nos curar e nos cicatrizar ou simplesmente ficar parado e vê-la indo embora, isso mesmo, a vida não volta e não espera ninguém. A vida manda o destino pregar uma peça na gente, cabe a gente estar preparado para enfrentar e, para isso,  precisamos viver e aprender.
Se lamentar ou ficar pensando no que aconteceu e no que acontece é apenas uma forma de sentar na beira do praia e observar o mar... Também indo e embora á água volte, nunca será a mesma.
Agir é o pensamento da ação, ninguém chega a lugar nenhum parado no rio ou apenas pensando e tentando se esconder do mundo.
O bom da vida é que ela possui falhas e a gente precisa fazer algumas façanhas...
O tempo é oportunista. Seja relativo e ele ficará ao seu favor...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da postagem? Então comenta... :D
Agradeço...
beijos galáxicos!