quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Noites traiçoeiras

Não imaginava que iria conhecê-lo e entrar na vida dele assim, a ponto de falar palavras de conforto. A morte está presente na vida de todos e mesmo que eu não lide muito bem com ela, a mesma sempre esteve presente, desde que eu nasci.
Me perdoe, meu amigo, por não comparecer neste momento tão delicado, mas pode ter a certeza que meu coração está apertado e meus olhos estão cheios de lágrimas. Acompanhei, de longe, pois você naqueles momentos em que conversamos, me falou algumas coisas. Deus sempre sabe o que faz...  Sei que agora, ela está sorrindo, pois não há dor, não há sofrimento, não existe sentimentos ruins, sei também, que o lugar é o paraíso, literalmente.
Certamente que não foi falta de consideração... Eu deveria ser mais forte.
Deus nunca nos dá uma cruz, na qual não podemos suportar. Sei que daqui para frente, será difícil... Mas estarei aqui, eu e Jadson.
Não tenho palavras sabe? Para escrever, tem um nó no meu cerébro, mas não consigo escrever nada do que eu sinto. Confesso, fiquei abatida com sua triste notícia... E mais uma vez, me perdoe, por não ter ido.









... Eu deveria ser mais forte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da postagem? Então comenta... :D
Agradeço...
beijos galáxicos!