quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

O palhaço que não sorria

Ei palhaço... Sorria - Me disseram - Mesmo na tristeza, o seu sorriso pode mudar os velhos retalhos que cobrem sua alma.
Assim como um pano velho, sem cor, desbotado e praticamente sem uso é um palhaço que não sorri. E é assim que me sinto, hoje!
Pelo menos tem uma gotinha de felicidade ainda, de um colega, por que ele está conseguindo o que ele queria e isso me deixa feliz, mas não o bastante...
Eu sempre repito que dias melhores virão, eu sei que virão, mas é que, está demorando tanto. Eu quero ter paciência, oh Deus, já faz tanto tempo que eu não escrevo nada e, vejo meu sonho tão distante! Quase que ofuscado pela escuridão.
Aqui perdida entre minhas lágrimas, eu penso em uma única coisa, amor. Ahh o amor, talvez esse não seja o ano, mas qual é a melhor época? Pode me dizer? Nada vem por acaso, vem quando a gente precisa. E se eu preciso de amor, não importa se esse não é o ano, ele virá... E assim eu espero.
Será isso... Depressão?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da postagem? Então comenta... :D
Agradeço...
beijos galáxicos!