sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Noite, noite, madrugada

Tédio, ruas alagadas e inóspitas, tédios.
Objetos enfadados e apenas uma conversa de um novo conhecido para sustentar o brilho de alegria no fim de noite ao entrar na madruga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da postagem? Então comenta... :D
Agradeço...
beijos galáxicos!